MUDANÇA

NOVO ENDEREÇO

 Por questão de espaço, o blog de Carlos Reichenbach estará sendo publicado no seguinte endereço:

http://olhoslivres.zip.net/



Escrito por Carlos Reichenbach às 01h25
[]


 
   TOQUES

VÉBIS + ZAPPA

BREVE NA SESSÃO DO COMODORO


MATHEUS TRUNK MANDOU AVISAR
MOSTRA “CINEMA NO TRIUNFO"
 "Iniciativa dos cineasta Coriolano Rodrigo Montana e da Associação São Paulo, a Cidade e o Cinema. Na Rua do Triunfo, na antiga Broadway Paulistana, todos os domingos de agosto com shows musicais, esportes e ás 18h cinema: DIA 03- “A Grande Vedete” com Dercy Gonçalves DIA 10- “Vigilante Rodoviário” de Ary Fernandes com presença de Carlos Miranda DIA 17- “D´Gajão Mata Para Vingar” de José Mojica Marins com presença do autor da trilha sonora Martins Neto DIA 24- “O Grande Xerife” de Pio Zamuner com presença do próprio cineasta DIA 31- “No Rancho Fundo” de Osvaldo de Oliveira Por favor amigos, prestigiem o cinema paulista e ajudem a revitalizar o centro da cidade."



Escrito por Carlos Reichenbach às 16h49
[]


 
   Um diamante na sessão do Comodoro.

 SESSÃO DO COMODORO - AGOSTO DE 2008

 Na quarta-feira, dia 06 de AGOSTO, a Sessão do Comodoro vai exibir uma autêntica "gema rara" do diretor Gerd Oswald, baseada em Stefan Zweig, ATÉ O ÚLTIMO OBSTÁCULO (Schachnovelle).
 A sessão começa às 21.30, no CineSesc, e as senhas gratúitas estarão disponiveis a partir das 21.00 horas na bilheteria do cinema.
 O filme. falado em alemão, será exibido com legendas em espanhol.

ATÉ O ÚLTIMO OBSTÁCULO
"Schachnovelle" (1960)
100 minutos, branco e preto
Falado em alemão, com legendas em espanhol
DIRETOR - Gerd Oswald
ROTEIRO - Harold Medford e Gerd Oswald, a partir de novela de Stefan Zweig
PRODUTOR - Luggi Waldleitner
FOTOGRAFIA - Günther Senftleben
MONTAGEM - K.M. Eckstein
MÚSICA - Hans-Martin Majewski
ELENCO - Curd Jürgens, Claire Bloom, Mario Adorf e Hansjörg Felmy.

SINOPSE
 Em 1938, à bordo de um navio e fugindo da Gestapo, intelectual vienense ganha partida de xadres de campeão mundial, sem nunca ter tocado anteriormente em um tabuleiro. O filme narra - de forma magistral - as razões para isso.


 
OPINIÕES
 "A splendid, cerebral film! This is a wonderful film, even better and darker than Stefan Zweig's short story upon which it is based." - IMDB

SOBRE O DIRETOR GERD OSWALD
 Nasceu em 1919, na Alemanha, e faleceu em 1989, em Los Angeles. Filho do diretor alemão Richard Oswald, chegou aos Estados Unidos em 1938. Foi durante muitos anos assistente de direção e só começou a assinar filmes em 1956. Redescoberto  pelos críticos franceses na década de 80, que elegeram o noir "Da Ambição ao Crime" (Crime of Passion - 1957) e "Amor, Prelúdio de Morte" (A Kiss Before Dying - 1956), duas subestimadas obras primas. Gerd Oswald voltou para Alemanha em meados dos anos 50, onde realizou o magnífico "Schachnovelle". De volta aos Estados Unidos, encerrou a carreira dirigindo episódios para as antológicas séries de tv "Além da Imaginação", "O Fugitivo" e "The Outer Limits".



Escrito por Carlos Reichenbach às 15h17
[]


 
   VÁRIAS

DIVIRTAM-SE

O DESPREZO, DE CARLO PONTI

 Pouca gente sabe, mas LE MÉPRIS (O Desprezo), de Jean-Luc Godard, um dos melhores filmes da história, foi lançado na Itália com uma trilha musical completamente diferente do resto da Europa. O Sr. Loren, leia-se Carlo Ponti, não aprovou a antológica criação de Georges Delerue e contratou Piero Piccioni para compor uma trilha menos erudita para o filme. Conheça os improvisos para orgão Wersi, de Piccioni:
 Piero Piccioni - Il Disprezzo (1963)
http://rapidshare.com/files/128263401/Disprezzo_part_one.rar
http://rapidshare.com/files/128260785/Disprezzo_part_two.rar

Um blog de trilhas raras:
http://dichtungundwahrheit2006.blogspot.com/


IMAGENS DELICIOSAS

 Um raro flagrante realizado durante intervalo das filmagens de "The Comedy of Terrors". Na foto (e nos caixões): Basil Rathbone, Peter Lorre, Boris Karloff e Vincent Price. Uma confraria histórica e macabra.
(Photo: Steve Vertlieb)
http://www.cinemaretro.com/index.php


CONVITE PARA PRÉ-ESTRÉIA

CAMINHOS DO CINECLUBISMO
documentário, brasil, 2008, 110 minutos, p&b/cor
roteiro e direção  DIOMÉDIO PISKATOR

 Caminhos do movimento cineclubista, que foi escola de cinema para a formação de gerações de cineastas do mundo todo e que, no Brasil, completa 80 anos de vida, graças a um grupo de amigos amantes do cinema que, em 1928, fundou o Chaplin Club, no Rio de Janeiro. De lá pra cá, o cineclubismo passou pelo brilhantismo de Paulo Emilio Salles Gomes, com o Clube de Cinema de São Paulo e, depois, a Cinemateca Brasileira; pela repressão política imposta pelos militares de plantão, nas décadas de 1960, 1970 e metade de 1980, com a perseguição, a censura e o fechamento de cineclubes. A organização política do movimento. O marasmo e o quase falecimento nos anos de 1990, enquanto organização. Já nos anos 2000, a reorganização, a revitalização das salas, a adaptação às novas tecnologias - e rumo ao grande encontro comemorativo de 2008.

ONDE E QUANDO
22 de julho de 2008, terça-feira, às 21h30
no Espaço Unibanco de Cinema
rua Augusta, 1470 - Cerqueira César - São Paulo


MOSTRA JOSÉ AGRIPPINO DE PAULA

 Ciclo José Agrippino de Paula - 1 ano, em homenagem a 1 ano de sua morte,  que vai acontecer  no Centro Cultural São Paulo do dia 22 a 27 de Julho com a exibição de todos os seus filmes ( "Hitler 3º mundo", "Céu sobre água", "Candomblé no Togo", "Candomblé no Dahomey", "Maria Esther, danças na África" e mais 2 messas redondas, " O cinema experimental, marginal dos anos 60' e "O pensamento pop tropicalista do Zé Agrippino".

3 ª Feira-22/07/08
18 horas
Céu sobre água (Super 8, 20’) - Poema visual, Cinepoema
Espaço Aberto- Pedro Bial e Agrippino (Beta, 48’, Globo News) - Sobre o livro Panamérica
20 horas
MESA REDONDA
O cinema Experimental Marginal dos anos 60 com Tata Amaral, Carlos Reichenbach e Hermano Penna
Mediadora: Lucila Meirelles
Hitler 3º Mundo (16mm , 70’) - Um cinema de invenção e transgressão

4ª Feira-23/07/08
18 horas
Sinfonia Panamérica (Beta, 18’,Lucila Meirelles, Walter Silveira  e Grima Grimaldi) - Saga poética sobre o pensamento de José Agrippino de Paula
Candomblé no Togo (Super 8 , 20’) - A vivência de um ritual através de um olhar de José Agrippino de Paula
Os Passeios no Recanto Silvestre (Mini DV, 16’) - Obra literária, teatral cinematográfica de Zé Agrippino é revistada por Miriam Chaiderman
20 horas
Maria Esther: Danças na África (Super 8, 40’) - Uma sinfonia de movimentos, Cinedança
 
5ª Feira-24/07/08
18 horas
Candomblé no Dahomey (Super 8, 23’) - Cinemagia
Lugar Reservado – Ricardo Soares e Zé Agrippino (Beta, 25’, SESC TV) - Sobre o livro Lugar Público
20 horas
Sinfonia Panamérica
Candomblé no Togo
Os Passeios no Recanto Silvestre

6ª Feira-25/07/08
18 horas
Hitler 3º Mundo
20 horas
MESA REDONDA
O Pensamento Pop  Tropicalista de Zé Agrippino com José Roberto Aguilar, Celso Favaretto e Jotabê Medeiros
Mediador: Sérgio Pinto de Almeida
Céu sobre água
Espaço Aberto- Pedro Bial e Agrippino

Sábado-26/07/08
18 horas
Maria Esther: Danças na África
20 horas
Os Passeios no Recanto Silvestre
Lugar Reservado– Ricardo Soares e Zé Agrippino
Candomblé no Dahomey

Domingo-27/07/08
18 horas
Sinfonia Panamérica
Candomblé no Togo
Céu sobre água 
20 Horas
Hitler 3º Mundo



Escrito por Carlos Reichenbach às 23h20
[]


 
   TRIBUTO

CINEMATECA FRANCESA HOMENAGEIA JESUS FRANCO

 Depois de ter homenageado Ruggero Deodato (Marcus Mello foi testemunha) e Tinto Brass (eu fui testemunha), a Cinemateca Francesa recebeu (com direito a retrospectiva) as visitas do incansável Tio Jess e de sua (eternísssima) musa Lina Romay.

 Obrigado ao Remie Lion  e a Cinemateca Brasileira pelo envio das belas fotos do evento.



Escrito por Carlos Reichenbach às 02h48
[]


 
   GEMAS DO CINEMA INSURRETO

CINESESC REALIZA RETROSPECTIVA HELENA IGNEZ

 IMPERDÍVEL!
 DOIS FILMES RARÍSSIMOS SERÃO EXIBIDOS:
 O GRITO DA TERRA - de Olney São Paulo
 BARÃO OLAVO, O HORRÍVEL - de Júlio Bressane


HELENA IGNEZ – A MULHER DO BANDIDO
- Grátis com retirada de ingressos com uma hora de antecedência -

Cinema – PROJEÇÕES em 35 mm - 326 lugares

 DIA 14/07 – ABERTURA
20h30 - A Mulher de Todos - Direção: Rogério Sganzerla - 35mm COR/PB 87 min. 1969
 
Dia 15/07 - Terça
15h - A Grande Feira - Direção: Roberto Pires - 35mm PB 94 min. 1961
17h - O Padre e a Moça - Direção: Joaquim P. de Andrade - 35mm PB 94 min. 1966
19h - Cara a Cara - Direção: Julio Bressane - 35mm PB 80 min. 1967
 21h -O Bandido da Luz Vermelha - Direção: Rogério Sganzerla - 35mm PB 92 min. 1968.
 
Dia 16/07 – Quarta
15h - Perigo Negro – Direção: Rogério Sganzerla - 35mm COR 27 min. 1992 /
        -Barão Olavo, o horrível - Direção: Julio Bressane - 35mm COR 70 min. 1970
17h - Nem Tudo é Verdade - Direção: Rogério Sganzerla - 35mm COR/PB 95 min.1985
19h - São Jerônimo - Direção: Julio Bressane - 35mm COR 79 min. 1998
21 - Os Monstros de Babaloo - Direção: Elyseu Visconti - 35mm PB 120 min. 1970
 

Dia 17/07 – Quinta
15h - O Assalto ao Trem Pagador - Dir: Roberto Farias - 35mm PB 103 min. 1962 – DVD
17h - O Signo do Caos - Direção: Rogério Sganzerla - 35mm COR/PB 80 min. 2003
19h - Copacabana Mon Amour - Direção: Rogério Sganzerla - 35mm COR 96 min. 1970
21h Almas Passantes - Direção: Ilana Feldman e Cléber Eduardo - 35 mm cor 15 min 2008
/ A Mulher de Todos - Direção: Rogério Sganzerla - 35mm COR/PB 87 min. 1969


Auditório – PROJEÇÕES em DVD - 40 lugares

15/07 - Terça
16h- O Pátio - Direção: Glauber Rocha 16 mm PB 11 min. 1959
        Perdi a Cabeça na Linha do Trem - Dir: Estevão C. Pantoja -16mm COR 14 min. 1992 
        Helena Zero- Direção e roteiro: Joel Pizzini Video COR/PB 34 min. 2006
18h Cuidado, Madame - Direção: Julio Bressane - 16mm COR 70 min. 1970 /
       Elogio da Luz - Direção: Joel Pizzini e Paloma Rocha -  Video COR/PB 54 min. 2004
 
17/07 – Quinta
16h - B2 - Direção: Rogério Sganzerla e Sylvio Renoldi - 35mm PB 11 min. 2001
          A Miss e o Dinossauro 2005 Direção: Helena Ignez - Super-8 COR 18 min. 2005
         Reinvenção da Rua - Direção: Helena Ignez- Vídeo COR 27 min. 2003 -
         Ondas - Direção: Ninho Moraes – 35mm COR 12 min. 1986
18h - Sem Essa, Aranha - Direção: Rogério Sganzerla - 16mm COR 96 min. 1970
20h - O Grito da Terra - Direção: Olney São Paulo - 35 mm PB 83 min. 1964
 
CINESESC
Rua Augusta, 2075 – Fone: 11-3087-0500



Escrito por Carlos Reichenbach às 15h50
[]


 
   BLOGS E CURSO

NOVOS BLOGS E CURSOS

DANIEL CAETANO MANDOU AVISAR
 Amigos, escrevo para contar que abri um blog. Ou melhor: três, por enquanto.
 Em parte devido ao triste fim que teve, na prática, o projeto da Contracampo há poucos dias (embora oficialmente o site possa continuar existindo, virando outra revista com o mesmo nome). Mas também porque simplesmente considerei que posso me divertir um bocado com uma página pessoal.
 Nomeei Passarim, em assumida homenagem a um velho LP. O endereço é:
http://passarim.zip.net/

 Quanto aos outros blogs:
http://planogeral-contracampo.blogspot.com/
 Nele estão disponíveis todas as notas que foram postadas no "Contra-blog" da CONTRACAMPO,  desde 2002.
http://daniel-caetano.blogspot.com/
 Neste, vou republicar textos mais antigos, à guisa de arquivo.


ANDRÉA VELLOSO MANDOU AVISAR
A vida é assim...
hora eu quero
hora eu não quero...
as vezes acredito,
as vezes não,
mas a fé
imagino que varie pouco...
sou de fato uma otimista!
...e nessas idas e vindas
sucumbi ao que sempre
detestei:
fiz meu blog
espero que me visitem e façam comentários sempre que der...
afinal...nada como experimentar de impulso...
sem medo de arriscar.
enjoy
bjos
Andrea
http://andreavelloso.blogspot.com/

JIDDU PINHEIRO MANDOU AVISAR



Escrito por Carlos Reichenbach às 16h49
[]


 
   JULHO NO CINESESC

SESSÃO DO COMODORO - JULHO DE 2008

 Na quarta-feira, dia 02 de JULHO, a Sessão do Comodoro vai mostrar um surpreendente filme filipino: AS FILHAS DE EVA, de Elwood Perez. Cultuadíssimo nos Estados Unidos e na Europa, por ocasião de seu lançamento em DVD, AS FILHAS DE EVA impregna a memória por suas cenas cruas e perturbadoras de rara e tosca beleza e seu naturalismo físico.

 Para abrir a sessão, um pequena surpresa está reservada.

 A sessão começa às 21.30, no CineSesc, e as senhas gratúitas estarão disponiveis a partir das 21.00 horas na bilheteria do cinema.

 O filme falado em tagalog será exibido com legendas em português, graças a colaboração de Leopoldo Tauffenbach.

AS FILHAS DE EVA

"Silip" (Produção filipina de 1985)

130 minutos, colorido

falado em tagalog, com legendas em português

diretor: Elwood Perez

roteiro: Ricardo Lee

fotografia: Johnny Araojo

montagem: Edgardo Vinarao

música original: Lutgardo Labad

Elenco: Maria Isabel Lopez, Sarsi Emmanuelle, Myra Manibog, Mark Joseph e Daren Craig Johnson

Sinopse:

Uma jovem mulher, Tonya, vive em um pequeno vilarejo filipino mergulhado no desequilíbrio e na luxúria. Ela tem feito o papel de guardiã moral enquanto o padre está afastado da aldeia. Ela ensina abstinência para as crianças, porque enxerga o resto da aldeia como depravados. Sua mãe foi apedrejada porque era prostituta e Tonya tem uma aversão enorme pelo falso moralismo da aldeia. Quando sua amiga de infância, Selma, volta para visitar a aldeia, velhos sentimentos de ternura e rivalidade entre as duas voltam a aflorar já que ambas amam Simon, o homem mais desejado do vilarejo.

"Um belo filme sobre ignorância sexual, supressão e desejo humano, na sua forma mais crua. Este filme vai muito mais longe que certos filmes estrangeiros considerados ousados. Ele mostra as identidades sexuais que são inerentes às crianças. O escritor e diretor trabalharam juntos para criar uma fábula dramática, perturbadora, poética e erótica, que lembra - de certa forma - os filmes de Alejandro Jodorowsky." - THE PLAYGROUND MOVIE REVIEWS

Duas seqüências em especial provocam espanto (e indignação, em certos casos). A cena de abertura, onde Simon mata um búfalo a porretadas, na frente (e para a revolta) das crianças, já que a aldeia precisa ser alimentada. E a cena de sexo entre Tonya e Simon, que muitos espectadores afirmam ser explícita.



Escrito por Carlos Reichenbach às 11h52
[]


 
   NOVO MOSAICO

MOSAICO DE FILMES EXTREMOS E PERTURBADORES

OS FILMES

 "Dreams That Money Can Buy" (Hans Richter - 1947). Longa metragem vanguardista realizado por pintor surrealista e teórico do cinema-Dada. O projeto começou a ser estruturado em 1944, quando Richter era diretor do Institute of Film Techniques, no City College de Nova Iorque. Contribuíram em sua realização, amigos de Richter como Max Ernst, Marcel Duchamps, Man Ray, John Cage, Alexander Calder e Fernand Leger. Descrito como "um filme surrealista com toques Junguianos", "Dreams That Money Can Buy" custou US$ 25.0000, levou três anos para ser concluído e foi recebido com vaias contundentes e bravos emocionados. O filme recebeu um prêmio especial do júri no Festival de Veneza, de 1947.

 "Vento do Leste" (Grupo Dziga Vertov -1970). Panfleto audiovisual de Godard e Jean-Pierre Gorin contra o cinema colonialista. Um petardo que impõe olhos (e mentes) livres para ser apreciado. Godard levou um produtor na conversa dizendo que ia filmar um faroeste; vestiu Gian Maria Volonté de confederado, colocou uma espingarda velha na mão dele, tirou fotos, pegou uma grana e saiu filmando cenas - aparentemente - sem pé nem cabeça, incluindo a equipe, os amigos, as namoradas, a claquete, a cartilha Maoísta, o Nagra, a maquiadora, pontas pretas, etc, etc, etc, etc.... Este é o filme mais extremo (em todos os sentidos) do Camarada Godard.

 "Murmúrios do Rio Fuefuki", (Keisuke Kinoshita - 1960). Obra prima do mestre Kinoshita com várias cenas pintadas à mão, fotograma por fotograma. Uma experiência única e magistral de aproximar cinema e pintura.

 "Dr. Caligari" (Stephen Sayadian - 1989). Filme experimental de realizador culto e talentoso, cuja carreira degringolou - em seguida - na produção de cinema pornográfico. Poucos filmes conseguiram dividir tanto as opiniões dos espectadores. Só no IMDB é possível recolher opiniões tão díspares como: "This is simply one of the strangest films ever made.", "Shit!" e "One of the great films, a true work of art.". A verdade é que "Dr. Caligari" impressiona com suas imagens impactantes e - assumidamente - debochadas e artificiais.

 "Dolla Morte" (Bill Zebub - 2006). "Superprodução" de Bill Zebud, o Peter Baiestorff americano. Um dos filmes mais blasfemos já concebidos. Inteiramente filmado - de maneira propositalmente tosca - com bonecos icônicos; incluindo Falcons, Barbies (maquiadas com pentelhos humanos), o Papa, o presidente americano, etc. Zebub "amarela" vergonhosamente quando tenta "livrar a cara" na introdução da obra.

 "Beautiful Teacher In Torture Hell" (Masahito Segawa - 1985). Exemplar representante do cinema "Pinku" (leia-se: bondage, sadismo, rapto, humilhação e tortura) tão apreciado pelos tarados do Sol Nascente. Experts afirmam que o filme de Segawa é pinto (no melhor sentido) perto de obras como "All Women Are Whores" e "Captured for Sex 2", que levam ao zênite os extertores da misogenia. Esse gênero de filme já foi definido como "sick exploitation cinema". Com um atento espírito de tolerância, no entanto, é possível detectar - no filme de Segawa - uma incômoda e depravada beleza angustiada.

 "House" aka "Hausu" (Nobuhiko Obayashi - 1977). Mistura de gêneros num filme delicioso, ultra-colorido, engraçado, assustador e surrealista. Obayashi parecia, neste segundo filme, querer seguir a trilha de Kinoshita e Michio Yamamoto (o Mojica nipônico).



Escrito por Carlos Reichenbach às 22h07
[]


 
   Memória

O NORTE DE GLAUBER

 Glauber Rocha aponta o caminho em "VENTO DO LESTE", de Jean Luc Godard e Jean-Pierre Gorin (1970): "O cinema do terceiro mundo é um cinema perigoso; divino e maravilhoso!".



Escrito por Carlos Reichenbach às 20h14
[]


 
   MOSAICO - PARTE 2

NOTAS RÁPIDAS SOBRE ALGUNS FILMES DO MOSAICO

Miyamoto Musashi AKA Zen and Sword (Tomu Uchida - 1961) - Disponível no ASIA TEAM

 Primeiro dos cinco filmes da saga dirigida pelo grão-mestre Tomu Uchida. Uma obra prima épica e reflexiva. Uma verdadeira aula de cinema, especialmente na questão da utilização do campo e contracampo. A seqüência em que Miyamoto é alçado ao topo de uma imensa árvore, ficando exposto a humilhação pública, ao calor do sol escaldante e ao frio da noite e da chuva torrencial, deveria fazer parte de todos os currículos de mise-en-scene nos cursos de cinema. Sabe-se que o "calcanhar de Aquiles" de todo estreante na direção de filmes é saber dominar a questão da quebra de eixo (uma ciência que certos realizadores despreparados deixam sempre a cargo dos fotógrafos).

 Uchida nos ensina - acuradamente - como dominar o eixo na sua vertente mais complexa: a questão da altura. Em filmes assinados por diretores e fotógrafos incompetentes, nós - espectadores - nunca conseguimos perceber de imediato quem está em cima e quem está embaixo. O saudoso Oswaldo Sampaio (A ESTRADA e SINHÁ MOÇA) puxou a orelha do grande diretor de teatro Flávio Rangel, na estréia de seu único longa metragem, GIMBA, PRESIDENTE DOS VALENTES (1963) por filmar aleatoriamente uma seqüência de tiroteio na favela, onde policiais e bandidos pareciam trocar tiros a esmo (GIMBA, no entanto, permanece na nossa memória pelo belíssimo final do garoto correndo pela cidade, assumidamente uma homenagem a OS IMCOMPREENDIDOS, de Truffaut).

Finnegan´s Wake (Mary Ellen Bute - 1966) - Disponível no CINEMAGEDDON

 Uma surpreendente ousadia: filmar o livro mais complexo de James Joyce. Embora a diretora assuma - na apresentação - que pretendia apenas oferecer uma leitura pessoal de certos fragmentos do livro, trata-se de uma empreitada arriscadíssima. O maior mérito de Mary Ellen Bute é conseguir transformar as palavras de Joyce em música para os ouvidos. Uma gema do cinema independente, cuja locação do VHS nos Estados Unidos custa uma fortuna.

Naked Paradise AKA Mago (Hyeon-il Kang - 1992) - CORÉIA DO SUL - Disponível no ASIA TEAM

 Alguém definiu no IMDB, com muita propriedade e humor, este filme experimental coreano: "Quando A MONTANHA SAGRADA, de Jodorovski, encontra Koyanisquatsi, Salvador Dali e o Greenpeace.".

 MAGO (NAKED PARADISE) tem algumas das fusões mais esquizofrênicas já vistas. Um trem de Metrô sai do interior de um túnel para mergulhar no interior da garganta de um neurótico que grita.

 Hyeon-il Kang deve ter visto (e "chupado") os melhores filmes e vídeos de Arthur Omar.

 O coreano mistura, sem dó nem pena, todos os ícones modernos do audiovisual mundial. As magistrais seqüências de gente pelada nada mais são do que "citações" a Spencer Tunick, o fotógrafo que vive sendo preso por despir multidões.

 Hyeon-il Kang é um tremendo cara-de-pau, mas seus filmes - pela assumida apropriação descarada de idéias alheias - são deliciosos exercícios de tolerância. Conforme a disponibilidade de quem os assiste, podem irritar, fascinar, encher o saco, dar sono e até dar tesão.

Salambò (Sergio Grieco - 1960) FRANÇA - Disponível na própria pesquisa do DREAMULE

 Foi Rubem Biáfora quem primeiro chamou a atenção para o talento do diretor Sergio Grieco, especificamente nos filmes de reconstituição histórica (os tradicionais "pepluns" italianos), por ocasião do lançamento brasileiro de A RAINHA DOS TÁRTAROS (1961). Realmente, Grieco possui uma austeridade que impressiona. A RAINHA, ao lado de A ESCRAVA DE ROMA (1960) e SALAMBÔ (1960 - produção francesa, adaptada de Flaubert), forma um tríptico de dar inveja aos melhores Cottafavis e Fredas do gênero. Ao contrário da maior parte dos "pepluns", as reconstituições históricas de Grieco primam pela acuidade, frutos de uma pesquisa rigorosa, mas que não abdica da liberdade poética (normalmente só detectáveis nas melhores encenações teatrais). Pela elegãncia, os "pepluns" de Grieco lembram os filmes "shakespearianos" de Orson Welles e a classe de Joseph Mankiewicz. As seqüências de multidão e batalha são decupadas com beleza e rigor; isso sem falar de suas protagonistas, sempre filmadas com generosidade (Rosana Podestá, Chelo Allonso e a linda Jeanne Valerie, de SALAMBÒ). A trilogia de Grieco explicita as nuances que separam o cinema clássico do acadêmico.

A Quiet Place to Kill AKA Paranoia (Umberto Lenzi - 1970) - Disponível no CINEMAGEDDON

 Umberto Lenzi é um realizador da estirpe de Joe D´Amato, Ruggero Deodato e Jesus Franco. Prolíficos, fizeram filmes demais, exercitaram quase todos os gêneros, erraram muito, mas - quando acertavam - legaram obras magníficas.

 O blog do Leandro Caraça (VIVER E MORRER NO CINEMA) republicou uma imensa entrevista de Lenzi, onde o diretor confessa que PARANÓIA aka A QUIET OLACE DO KILL aka ORGASMO é o seu filme preferido.

 Difícil catalogá-lo como um "giallo" convencional. O filme possui todas as qualidades habituais dos melhores policiais baratos (e eficientes) de Lenzi.

 Para quem já foi chamado de "sub-Deodato", por conta dos filmes canibais, Lenzi demonstra mais talento para filmar ação que seu referido "mestre". Como bom artesão, ele sempre me pareceu mais próximo de Duccio Tessari e Bruno Corbucci. Por não se fixar num único gênero, acabou sendo relegado ao terceiro escalão; injustamente. É incrível como - sistematicamente - se desprestigia, pelo arraial da crítica convencional, os chamados "paus para toda obra". Sobretudo nas plagas onde é comum enaltecer a perfumaria, o modismo, a falsa eficiência e a esquisitice.



Escrito por Carlos Reichenbach às 14h56
[]


 
   Verbotten

Cineclube Pólis realiza mostra de filmes
MEMÓRIA DA CENSURA NO CINEMA BRASILEIRO
de 10 à 26 de junho, sempre às 19h


 A Mostra é realizada em parceria com o NEAMP - Núcleo de Estudos em Arte, Mídia e Política do Programa de Pós-graduação em Ciências Sociais da PUC-SP, e inspirada na pesquisa homônima realizada por Leonor Souza Pinto que reuniu processos de censura, documentos do DEOPS-SP e arquivos da imprensa referentes a 444 filmes brasileiros produzidos no período de 1964 a 1988. Os materiais relatam os procedimentos da censura brasileira, como agiam seus agentes e quais os seus critérios ideológicos e morais.
 A cada sessão será distribuido documentos da censura dos filmes exibidos e será promovido um debate com diretores, atores e atrizes dos filmes e, também, pesquisadores.
 Veja a programação completa ou acesse:
http://www.polis.org.br/noticias_interna.asp?codigo=583


 


Memória da Censura no Cinema Brasileiro
Cineclube Pólis - 10 à 26 de junho de 2008
sempre às 19h - ENTRADA FRANCA
2174.6841 /
cineclube@polis.org.br

Rua Araújo, 124, centro
(próximo à estação de metrô Repúblia, esquina com a Gal. Jardim)

Dia 10
"Blá... blá... blá..." (Andrea Tonacci) e "1968" (Glauber Rocha e Affonso Beatto)
Debatedor: Miguel Chaia [NEAMP- Núcleo de Estudos em Arte, Mídia e Política PUC-SP]

Dia 12
"Fome de Amor" (Nelson Pereira dos Santos)
Debatedor: Edgard de Assis Carvalho [Núcleo de Estudos da Complexidade PUC-SP]

Dia 17
"Liberdade de Imprensa" (João batista de Andrade) e "Lance Maior" (Sylvio Back)
Debatedores: João Batista de Andrade [Diretor] e Sylvio Back [Diretor]

Dia 19
"Bandido da Luz Vermelha" (Rogério Sganzerla)
Debatedora: Helena Ignêz [Atriz]

Dia 24
"Brasil Ano 2000" (Walter Lima Jr)
Debatedor: Ênio Golçalves [Ator]

Dia 26
"Navalha na Carne" (Braz Chediak)
Debatedor: Mauro Luiz Perón [NEAMP- Núcleo de Estudos em Arte, Mídia e Política PUC-SP]



Escrito por Carlos Reichenbach às 10h37
[]


 
   SESSÃO PIORES & BOA NOTÍCIA & MUSAS

FILME SURPRESA NA SESSÃO DO COMODORO

 Até o já "clássico" CRIATURA DO MAR ENCANTADO, do prolífico Roger Corman, entrou na listinha do documentário americano "The 50 Worst Movies Ever Made" (19° colocado). Mas não é esse o "filme surpresa" da sessão.

DIA 04 DE JUNHO, A SESSÃO DO COMODORO EXIBE FILME SURPRESA
E, OBVIAMENTE, "OS 50 PIORES FILMES JÁ FEITOS"
(seria o "filme surpresa", o 51° PIOR FILME DE TODOS OS TEMPOS ?)

FILME PRINCIPAL
OS 50 PIORES FILMES JÁ FEITOS
The 50 Worst Movies Ever Made (EUA - 2004)

Duração - 60 minutos
Falado em inglês, legendado em português.

 "Existem filmes que de tão ruins acabam sendo bons."

ATENÇÃO
 Como complemento da sessão, haverá a exibição de um longa metragem surpresa (inédito no Brasil), de 88 minutos, com legendas em português, dentro do espírito do documentário.
 Os filmes serão exibidos sem intervalo.

FILME SUPRESA
 Falado em inglês, com legendas em português.
Duração: 88 minutos

(uma dica: o "filme surpresa" teve algumas pequenas cenas rodadas no Brasil)


"GAROTO CÓSMICO" ATINGE 25.000 ESPECTADORES

 O longa metragem de animação, de Alê Abreu, O GAROTO CÓSMICO, desde que estreou, em 11 de Janeiro, não saíu mais de cartaz. O filme está rodando pelo interior de São Paulo (semana passada em 5 salas).  No momento, também está sendo exibido em Vitória-ES. Toda semana o diretor recebe da distribuidora a lista de novas salas e o número total de espectadores.
 Dia 06 de Junho o filme retorna ao Arteplex Botafogo, RJ- onde também será visto por cerca de 3.000 alunos da rede pública. Dia 01 de Julho no Cinesesc- recreio nas férias, completa 6 meses em cartaz.


MINHAS BELDADES

 Juliana, nove meses.

 Brigitte e Maxime.



Escrito por Carlos Reichenbach às 02h02
[]


 
   PREVIEW

EM JUNHO, NA SESSÃO DO COMODORO



Escrito por Carlos Reichenbach às 11h14
[]


 
   NOVAS DICAS

PEQUENO LIVRO SOBRE UM GRANDE FILME


NOVOS ENDEREÇOS DE COMPARTILHAMENTO ANEXADOS AO LINKS

AVENIDA LIBERTAD

http://www.avenidalibertad.es/index.php

 Fórum em espanhol dedicado exclusivamente a filmes de temática homossexual. Para ter acesso às "descargas" ed2k e ao fórum é preciso se inscrever. A confirmação é rápida.

AVISTAZ - ASIAN TORRENTS

http://bt.avistaz.com/index.php

 Excelente fórum dedicado ao cinema asiático. Como o nome já diz, as descargas são feitas a partir de torrents (é preciso programas como u-Torrent, Azureus ou equivalente). É preciso se inscrever e a confirmação vem rápida.

BLOW MY EYES

http://www.blowmyeyes.com

 Fórum castelhano de Elinks. Cinema internacional com olhar inteligente. O endereço, normalmente,  possui links para subtítulos em espanhol e exige inscrição (com rápida confirmação de adesão).

FORAJIDOS DE LEYENDA
 
http://www.fdlwest.com

 Este fórum parece ter sido criado especialmente para o Heráclito Maia (e seus confederados). Endereço castelhano com elinks de faroestes clássicos (e outros nem tanto). Para ter acesso às "descargas" e ao fórum é preciso se inscrever. (Atenção: a confirmação é muito demorada; se vier!)



Escrito por Carlos Reichenbach às 15h19
[]


 
  [ ver mensagens anteriores ]  
 
 
HISTÓRICO
 03/08/2008 a 09/08/2008
 27/07/2008 a 02/08/2008
 13/07/2008 a 19/07/2008
 06/07/2008 a 12/07/2008
 22/06/2008 a 28/06/2008
 15/06/2008 a 21/06/2008
 08/06/2008 a 14/06/2008
 25/05/2008 a 31/05/2008
 11/05/2008 a 17/05/2008
 04/05/2008 a 10/05/2008
 27/04/2008 a 03/05/2008
 20/04/2008 a 26/04/2008
 13/04/2008 a 19/04/2008
 06/04/2008 a 12/04/2008
 30/03/2008 a 05/04/2008
 23/03/2008 a 29/03/2008
 16/03/2008 a 22/03/2008
 09/03/2008 a 15/03/2008
 02/03/2008 a 08/03/2008
 24/02/2008 a 01/03/2008
 17/02/2008 a 23/02/2008
 10/02/2008 a 16/02/2008
 03/02/2008 a 09/02/2008
 27/01/2008 a 02/02/2008
 20/01/2008 a 26/01/2008
 13/01/2008 a 19/01/2008
 06/01/2008 a 12/01/2008
 30/12/2007 a 05/01/2008
 23/12/2007 a 29/12/2007
 16/12/2007 a 22/12/2007
 09/12/2007 a 15/12/2007
 02/12/2007 a 08/12/2007
 25/11/2007 a 01/12/2007
 18/11/2007 a 24/11/2007
 11/11/2007 a 17/11/2007
 04/11/2007 a 10/11/2007
 21/10/2007 a 27/10/2007
 14/10/2007 a 20/10/2007
 07/10/2007 a 13/10/2007
 30/09/2007 a 06/10/2007
 23/09/2007 a 29/09/2007
 02/09/2007 a 08/09/2007
 26/08/2007 a 01/09/2007
 19/08/2007 a 25/08/2007
 12/08/2007 a 18/08/2007
 05/08/2007 a 11/08/2007
 29/07/2007 a 04/08/2007
 22/07/2007 a 28/07/2007
 15/07/2007 a 21/07/2007
 08/07/2007 a 14/07/2007
 01/07/2007 a 07/07/2007
 24/06/2007 a 30/06/2007
 17/06/2007 a 23/06/2007
 10/06/2007 a 16/06/2007
 03/06/2007 a 09/06/2007
 27/05/2007 a 02/06/2007
 20/05/2007 a 26/05/2007
 13/05/2007 a 19/05/2007
 22/04/2007 a 28/04/2007
 15/04/2007 a 21/04/2007
 08/04/2007 a 14/04/2007
 01/04/2007 a 07/04/2007
 25/03/2007 a 31/03/2007
 18/03/2007 a 24/03/2007
 11/03/2007 a 17/03/2007
 04/03/2007 a 10/03/2007
 25/02/2007 a 03/03/2007
 18/02/2007 a 24/02/2007
 11/02/2007 a 17/02/2007
 04/02/2007 a 10/02/2007
 28/01/2007 a 03/02/2007
 21/01/2007 a 27/01/2007
 14/01/2007 a 20/01/2007
 07/01/2007 a 13/01/2007
 31/12/2006 a 06/01/2007
 24/12/2006 a 30/12/2006
 17/12/2006 a 23/12/2006
 10/12/2006 a 16/12/2006
 03/12/2006 a 09/12/2006
 26/11/2006 a 02/12/2006
 19/11/2006 a 25/11/2006
 12/11/2006 a 18/11/2006
 05/11/2006 a 11/11/2006
 29/10/2006 a 04/11/2006
 22/10/2006 a 28/10/2006
 15/10/2006 a 21/10/2006
 08/10/2006 a 14/10/2006
 01/10/2006 a 07/10/2006
 24/09/2006 a 30/09/2006
 17/09/2006 a 23/09/2006
 10/09/2006 a 16/09/2006
 03/09/2006 a 09/09/2006
 27/08/2006 a 02/09/2006
 20/08/2006 a 26/08/2006
 30/07/2006 a 05/08/2006
 09/07/2006 a 15/07/2006
 02/07/2006 a 08/07/2006
 25/06/2006 a 01/07/2006
 18/06/2006 a 24/06/2006
 11/06/2006 a 17/06/2006
 04/06/2006 a 10/06/2006
 28/05/2006 a 03/06/2006
 21/05/2006 a 27/05/2006
 14/05/2006 a 20/05/2006
 07/05/2006 a 13/05/2006
 30/04/2006 a 06/05/2006
 23/04/2006 a 29/04/2006
 16/04/2006 a 22/04/2006
 09/04/2006 a 15/04/2006
 02/04/2006 a 08/04/2006
 19/03/2006 a 25/03/2006
 12/03/2006 a 18/03/2006
 05/03/2006 a 11/03/2006
 19/02/2006 a 25/02/2006
 12/02/2006 a 18/02/2006
 05/02/2006 a 11/02/2006
 29/01/2006 a 04/02/2006
 22/01/2006 a 28/01/2006
 15/01/2006 a 21/01/2006
 08/01/2006 a 14/01/2006
 01/01/2006 a 07/01/2006
 25/12/2005 a 31/12/2005
 18/12/2005 a 24/12/2005
 11/12/2005 a 17/12/2005
 04/12/2005 a 10/12/2005
 27/11/2005 a 03/12/2005
 20/11/2005 a 26/11/2005
 13/11/2005 a 19/11/2005
 06/11/2005 a 12/11/2005
 30/10/2005 a 05/11/2005
 23/10/2005 a 29/10/2005
 16/10/2005 a 22/10/2005
 02/10/2005 a 08/10/2005
 25/09/2005 a 01/10/2005
 18/09/2005 a 24/09/2005
 11/09/2005 a 17/09/2005
 04/09/2005 a 10/09/2005
 28/08/2005 a 03/09/2005
 21/08/2005 a 27/08/2005
 14/08/2005 a 20/08/2005
 07/08/2005 a 13/08/2005
 31/07/2005 a 06/08/2005
 24/07/2005 a 30/07/2005
 17/07/2005 a 23/07/2005
 10/07/2005 a 16/07/2005
 26/06/2005 a 02/07/2005
 19/06/2005 a 25/06/2005
 12/06/2005 a 18/06/2005
 05/06/2005 a 11/06/2005
 29/05/2005 a 04/06/2005
 22/05/2005 a 28/05/2005
 15/05/2005 a 21/05/2005
 08/05/2005 a 14/05/2005
 01/05/2005 a 07/05/2005
 24/04/2005 a 30/04/2005
 17/04/2005 a 23/04/2005
 10/04/2005 a 16/04/2005
 03/04/2005 a 09/04/2005
 27/03/2005 a 02/04/2005
 20/03/2005 a 26/03/2005
 13/03/2005 a 19/03/2005
 06/03/2005 a 12/03/2005
 20/02/2005 a 26/02/2005
 13/02/2005 a 19/02/2005
 06/02/2005 a 12/02/2005



OUTROS SITES
 TODOS OS LINKS CONSULTADOS E VISITADOS PELO REDUTO DO COMODORO
 LINKS RÁPIDOS [DE PESQUISA]
 OLHOS LIVRES - o site de Carlos Reichenbach
 REDUTO DO COMORO - Ampliado no site OLHOS LIVRES
 REDUTO DO COMODORO 2004
 O ESSENCIAL DO FILME NOIR
 O ESSENCIAL DO FAROESTE AMERICANO
 O ESSENCIAL DO FILME DE GANGSTER
 O ESSENCIAL DO FAROESTE SPAGUETTI
 O ESSENCIAL DO FILME MUSICAL AMERICANO
 O ESSENCIAL DO CINEMA EXTREMO
 O ESSENCIAL DO FILME FANTÁSTICO E DE HORROR PARTE 1
 O ESSENCIAL DO CINEMA FANTÁSTICO E DO FILME DE HORROR - ANOS 60
 O ESSENCIAL DO CINEMA FANTÁSTICO E DO FILME DE HORROR - ANOS 70
 O ESSENCIAL DO CINEMA FANTÁSTICO E DO FILME DE HORROR - ANOS 80
 PERFORMANCES ANTOLÓGICAS DO CINEMA BRASILEIRO


VOTAÇÃO
 Dê uma nota para meu blog!