60 NOTÁVEIS FILMES BRASILEIRO - 3

MAIS 20 DOS 60 NOTÁVEIS FILMES BRASILEIROS

(Observação: A ordem dos filmes é apenas numérica.)

31 TERRA É SEMPRE TERRA - de Tom Payne (1951)

32 DEUS E DIABO NA TERRA DO SOL - de Glauber Rocha (1964)

33 O QUARTO - de Rubem Biáfora (1968)

35 O PROFETA DA FOME - de Maurice Capovilla (1969)

36 OS SERMÕES - de Julio Bressane (1989/90)

37 VENTO NORTE - de Salomão Scliar (1951)

38 AMEI UM BICHEIRO - de Jorge Ileli e Paulo Vanderley (1952)

39 CARNAVAL ATLÂNTIDA - de José Carlos Burle (1952)

40 A LIRA DO DELÍRIO - de Walter Lima Junior (1973/78)

41 METEORANGO KID, HERÓI INTERGALÁTICO - de André Luiz Oliveira (1969)

42 O SEGREDO DA MÚMIA - de Ivan Cardoso (1981)

43 O GRITO DA TERRA - de Olney São Paulo (1964)

44 ELAS ATENDEM PELO TELEFONE - de Duilio Mastroianni (1963)

45 A MULHER QUE INVENTOU O AMOR - de Jean Garrett (1980)

46 RAINHA DIABA - de Antonio Carlos Fontoura (1974)

47 ORGIA, OU O HOMEM QUE DEU CRIA - de João Silvério Trevisan (1970)

48 A LONGA NOITE DO PRAZER - de Afrânio Vital (1983)

49 CABRA MARCADO PARA MORRER - de Eduardo Coutinho (1964/84)

50 CRÔNICA DE UM INDUSTRIAL - de Luiz Rosemberg Filho (1978)



Escrito por Carlos Reichenbach às 19h49
[]


 
   6O NOTÁVEIS FILMES BRASILEIROS 2

30 DOS 60 NOTÁVEIS FILMES BRASILEIROS

(Observação: A ordem dos filmes é apenas numérica.)

01 CHICO VIOLA NÃO MORREU - de Román Vañoly Barreto (1955)

02 A ESTRADA - de Oswaldo Sampaio (1956)

03 SÃO PAULO S/A - de Luis Sergio Person (1965)

04 O BANDIDO DA LUZ VERMELHA - de Rogerio Sganzerla (1968)

05 AMULETO DE OGUM - de Nelson Pereira dos Santos (1974)

06 LIMITE - de Mario Peixoto (1929/31)

07 VEREDA DA SALVAÇÃO - de Anselmo Duarte (1965)

08 RITUAL DOS SÁDICOS (aka O DESPERTAR DA BESTA) - de José Mojica Marins (1969/82)

09 BANG BANG - de Andrea Tonacci (1970)

10 PONTAL DA SOLIDÃO - de Alberto Ruschell (1974)

11 TOCAIA NO ASFALTO - de Roberto Pires (1962)

12 O PORNÓGRAFO - de João Callegaro (1970)

13 O VIAJANTE - de Paulo Cesar Saraceni (1999)

14 VIAGEM AO FIM DO MUNDO - de Fernando Cony Campos (1968)

15 A HORA E A VEZ DE AUGUSTO MATRAGA - de Roberto Santos (1965)

16 GANGA BRUTA - de Humberto Mauro (1933)

17 PECADO MORTAL - de Miguel Faria Jr. (1970)

18 AS FILHAS DO FOGO - de Walter Hugo Khouri (1978)

19 A GRANDE CIDADE - de Carlos Diegues (1965)

20 PECADO NA SACRISTIA - de Miguel Borges (1975)

21 PERDIDA - de Carlos Prates Correia (1975)

22 A DERROTA - de Mario Fiorani (1966)

23 OS CAFAJESTES - de Ruy Guerra (1962)

24 OVELHA NEGRA, UMA DESPEDIDA DE SOLTEIRO - de Haroldo Marinho Barbosa (1974)

25 O DIABO MORA NO SANGUE - de Cecil Thire (1968)

26 A DIFICIL VIAGEM - de Geraldo da Rocha Moraes (1983)

27 SERTÃO EM FESTA - de Oswaldo de Oliveira (1970)

28 SNUFF, VÍTIMAS DO PRAZER - de Claudio Cunha (1977)

29 AMOR E MEDO - de José Rubens Siqueira (1974)

30 TRÊS CABRAS DE LAMPIÃO - de Aurélio Teixeira (1962)



Escrito por Carlos Reichenbach às 13h41
[]


 
   60 NOTÁVEIS FILMES BRASILEIROS - Início / TEOREMA 08

60 NOTÁVEIS FILMES BRASILEIROS
O PRIMEIRO SELECIONADO
(A ordem é apenas numérica.)

01 CHICO VIOLA NÃO MORREU

de Román Vañoly Barreto (1955)

Francisco Alves e Cyll Farney

 Comentário - Recebido com reservas pela crítica brasileira, na época de seu lançamento comercial, esta cine-biografia do cantor Francisco Alves foi um dos primeiros filmes nacionais a impregnar a minha memória aos 12 anos de idade. Um de seus planos finais, uma panorâmica da Via Dutra acompanhando o carro que conduzia o ídolo para o seu trágico acidente fatal, e que conclui num close da cigana que previu a sua morte, à espreita no meio do acostamento, além de ter me provocado noites inteiras de insônia, foi literalmente citada em FILME DEMÊNCIA. O filme, com inúmeros momentos dignos de antologia, foi bombardeado pelos experts da época muito mais por conta da nacionalidade de seu diretor (trata-se de uma co-produção Brasil-Argentina) do que pelos defeitos. Um momento sublime do filme, que também nunca saiu da minha memória, foi a inserção da canção "Caminhemos". Tenho explicado várias vezes que a escolha dos filmes é extritamente pessoal; por esta razão, fiz questão de abrir a lista com CHICO VIOLA NÃO MORREU, já que foi este o filme que me fez "descobrir" e gostar do cinema nativo. Mesmo na impossibilidade de poder revê-lo sob o crivo da maturidade crítica, mantenho intactas as impressões da convincente interpretação de Cyl Farney (que com sua inegável simpatia pessoal soube humanizar Chico Alves) e a dramática e expressiva fotografia preto e branco de Adolfo Paz Gonzales.

Para ler mais sobre a vida e a carreira de Francisco Alves
http://www.bccafe.com.br/Chico%20Viola.htm
http://www.geocities.com/aochiadobrasileiro/Biografia/BiografiaFranciscoAlves.htm


TEOREMA 08

 Esta é oitava edição da revista Teorema - Crítica de Cinema.
 Editada pelos críticos Fabiano de Souza, Flávio Guirland, Fernando Mascarello, Ivonete Pinto e Marcus Mello, reflete o bom momento do cinema brasileiro e traz diversos artigos que tratam de filmes nacionais e uma entrevista exclusiva com Ismail Xavier.
 De Montreal, Milton do Prado escreve sua visão do canadense David Cronenberg e seu último filme, Marcas da Violência.



Escrito por Carlos Reichenbach às 22h06
[]


 
   PREMIADOS EM SANTA MARIA DA FEIRA

9° FESTIVAL DE CINEMA LUSO-BRASILEIRO

HOMENAGENS DO FESTIVAL
JOSÉ ÁLVARO MORAIS (PT)
CARLOS REICHENBACH (BR)

RETROSPECTIVAS
KIKO GOIFMAN (BR)
KLEBER MENDONÇA FILHO (BR)
CHRISTIAN CASELLI (BR)

PREMIAÇÃO DA COMPETIÇÃO OFICIAL

LONGA METRAGEM
Melhor Filme CINEMA, ASPIRINAS E URUBUS de Marcelo Gomes, [BR]
Melhor Atriz CLÁUDIA MELO em QUANTO VALE OU É POR QUILO?, [BR]
Melhor Ator NUNO LOPES em ALICE, [PT]
Prémio Especial do Júri ADRIANA de Margarida Gil, [PT]
Prémio Revelação ALICE de Marco Martins, [PT]
Prémio da Crítica QUANTO VALE OU É POR QUILO? de Sérgio Bianchi, [BR]
Prémio dos Cineclubes CINEMA, ASPIRINAS E URUBUS de Marcelo Gomes, [BR]
Prémio do Público QUANTO VALE OU É POR QUILO? de Sérgio Bianchi, [BR] 

CURTA METRAGEM
Melhor Filme ELECTRODOMÉSTICA de Kleber Mendonça Filho, [BR]
Prémio Especial do Júri ALÔ TOCAYO de Renato Martins e Lula Carvalho, [BR]
Prémio Revelação SILÊNCIO de Sérgio Borges, [BR]
Menção Honrosa Júri DISTÚRBIO de Mauro D'Addio, [BR]
Menção Honrosa Júri A SERPENTE de Sandro Aguilar, [PT]
Prémio da Crítica ELECTRODOMÉSTICA de Kleber Mendonça Filho, [BR]
Prémio dos Cineclubes ELECTRODOMÉSTICA de Kleber Mendonça Filho, [BR]
Menção Honrosa Cineclubes A LENTE E A JANELA de Marcius Barbieri, [BR]
Prémio do Público NASCENTE de Helvécio Marins Jr., [BR]
Prémio 2: Onda Curta VISITA ÍNTIMA de Joana Nin, [BR] 

SESSÃO TODOS FILHOS DA TERRA
Melhor Filme O MEU NOME É PAULO LEMINSKI de Cezar Migliorin, [BR]

DESTAQUES DO COMODORO

a) A beleza luminar das imagens de NASCENTE, de Helvécio Marins Jr. (BR) e CEGA PAIXÃO, de Carmen Castelo-Branco (PT)

b) A "virada" godardiana de Kleber Mendonça Filho, em NOITE DE SEXTA, MANHÃ DE SÁBADO (BR)

c) A alegria do cinema em ACOSSADA, de Karen Akerman e Karen Black (BR).

d) A antropofágica (e saudável) "molecagem" de Christian Caselli, em ISTO NÃO É UM TÍTULO (BR).

 Imagem de "NASCENTE", do mineiro Helvécio Marins Jr., com sublime fotografia de Rodrigo Toledo.

 Godard revisitado (com euforia) por duas Karens, em ACOSSADA.

Christian Caselli chega, de limousine e cercado de guarda-costas, para a sua sessão em Santa Maria da Feira. Em tempo, Caselli não é o dublê do saudoso Wilson Grey, mas o elegante cavalheiro de óculos escuros.

 Para ler mais sobre o "frisson" da Sessão Caselli:

http://www.curtaocurta.com.br/jornal.php?c=751



Escrito por Carlos Reichenbach às 14h32
[]


 
  [ ver mensagens anteriores ]  
 
 
HISTÓRICO
 03/08/2008 a 09/08/2008
 27/07/2008 a 02/08/2008
 13/07/2008 a 19/07/2008
 06/07/2008 a 12/07/2008
 22/06/2008 a 28/06/2008
 15/06/2008 a 21/06/2008
 08/06/2008 a 14/06/2008
 25/05/2008 a 31/05/2008
 11/05/2008 a 17/05/2008
 04/05/2008 a 10/05/2008
 27/04/2008 a 03/05/2008
 20/04/2008 a 26/04/2008
 13/04/2008 a 19/04/2008
 06/04/2008 a 12/04/2008
 30/03/2008 a 05/04/2008
 23/03/2008 a 29/03/2008
 16/03/2008 a 22/03/2008
 09/03/2008 a 15/03/2008
 02/03/2008 a 08/03/2008
 24/02/2008 a 01/03/2008
 17/02/2008 a 23/02/2008
 10/02/2008 a 16/02/2008
 03/02/2008 a 09/02/2008
 27/01/2008 a 02/02/2008
 20/01/2008 a 26/01/2008
 13/01/2008 a 19/01/2008
 06/01/2008 a 12/01/2008
 30/12/2007 a 05/01/2008
 23/12/2007 a 29/12/2007
 16/12/2007 a 22/12/2007
 09/12/2007 a 15/12/2007
 02/12/2007 a 08/12/2007
 25/11/2007 a 01/12/2007
 18/11/2007 a 24/11/2007
 11/11/2007 a 17/11/2007
 04/11/2007 a 10/11/2007
 21/10/2007 a 27/10/2007
 14/10/2007 a 20/10/2007
 07/10/2007 a 13/10/2007
 30/09/2007 a 06/10/2007
 23/09/2007 a 29/09/2007
 02/09/2007 a 08/09/2007
 26/08/2007 a 01/09/2007
 19/08/2007 a 25/08/2007
 12/08/2007 a 18/08/2007
 05/08/2007 a 11/08/2007
 29/07/2007 a 04/08/2007
 22/07/2007 a 28/07/2007
 15/07/2007 a 21/07/2007
 08/07/2007 a 14/07/2007
 01/07/2007 a 07/07/2007
 24/06/2007 a 30/06/2007
 17/06/2007 a 23/06/2007
 10/06/2007 a 16/06/2007
 03/06/2007 a 09/06/2007
 27/05/2007 a 02/06/2007
 20/05/2007 a 26/05/2007
 13/05/2007 a 19/05/2007
 22/04/2007 a 28/04/2007
 15/04/2007 a 21/04/2007
 08/04/2007 a 14/04/2007
 01/04/2007 a 07/04/2007
 25/03/2007 a 31/03/2007
 18/03/2007 a 24/03/2007
 11/03/2007 a 17/03/2007
 04/03/2007 a 10/03/2007
 25/02/2007 a 03/03/2007
 18/02/2007 a 24/02/2007
 11/02/2007 a 17/02/2007
 04/02/2007 a 10/02/2007
 28/01/2007 a 03/02/2007
 21/01/2007 a 27/01/2007
 14/01/2007 a 20/01/2007
 07/01/2007 a 13/01/2007
 31/12/2006 a 06/01/2007
 24/12/2006 a 30/12/2006
 17/12/2006 a 23/12/2006
 10/12/2006 a 16/12/2006
 03/12/2006 a 09/12/2006
 26/11/2006 a 02/12/2006
 19/11/2006 a 25/11/2006
 12/11/2006 a 18/11/2006
 05/11/2006 a 11/11/2006
 29/10/2006 a 04/11/2006
 22/10/2006 a 28/10/2006
 15/10/2006 a 21/10/2006
 08/10/2006 a 14/10/2006
 01/10/2006 a 07/10/2006
 24/09/2006 a 30/09/2006
 17/09/2006 a 23/09/2006
 10/09/2006 a 16/09/2006
 03/09/2006 a 09/09/2006
 27/08/2006 a 02/09/2006
 20/08/2006 a 26/08/2006
 30/07/2006 a 05/08/2006
 09/07/2006 a 15/07/2006
 02/07/2006 a 08/07/2006
 25/06/2006 a 01/07/2006
 18/06/2006 a 24/06/2006
 11/06/2006 a 17/06/2006
 04/06/2006 a 10/06/2006
 28/05/2006 a 03/06/2006
 21/05/2006 a 27/05/2006
 14/05/2006 a 20/05/2006
 07/05/2006 a 13/05/2006
 30/04/2006 a 06/05/2006
 23/04/2006 a 29/04/2006
 16/04/2006 a 22/04/2006
 09/04/2006 a 15/04/2006
 02/04/2006 a 08/04/2006
 19/03/2006 a 25/03/2006
 12/03/2006 a 18/03/2006
 05/03/2006 a 11/03/2006
 19/02/2006 a 25/02/2006
 12/02/2006 a 18/02/2006
 05/02/2006 a 11/02/2006
 29/01/2006 a 04/02/2006
 22/01/2006 a 28/01/2006
 15/01/2006 a 21/01/2006
 08/01/2006 a 14/01/2006
 01/01/2006 a 07/01/2006
 25/12/2005 a 31/12/2005
 18/12/2005 a 24/12/2005
 11/12/2005 a 17/12/2005
 04/12/2005 a 10/12/2005
 27/11/2005 a 03/12/2005
 20/11/2005 a 26/11/2005
 13/11/2005 a 19/11/2005
 06/11/2005 a 12/11/2005
 30/10/2005 a 05/11/2005
 23/10/2005 a 29/10/2005
 16/10/2005 a 22/10/2005
 02/10/2005 a 08/10/2005
 25/09/2005 a 01/10/2005
 18/09/2005 a 24/09/2005
 11/09/2005 a 17/09/2005
 04/09/2005 a 10/09/2005
 28/08/2005 a 03/09/2005
 21/08/2005 a 27/08/2005
 14/08/2005 a 20/08/2005
 07/08/2005 a 13/08/2005
 31/07/2005 a 06/08/2005
 24/07/2005 a 30/07/2005
 17/07/2005 a 23/07/2005
 10/07/2005 a 16/07/2005
 26/06/2005 a 02/07/2005
 19/06/2005 a 25/06/2005
 12/06/2005 a 18/06/2005
 05/06/2005 a 11/06/2005
 29/05/2005 a 04/06/2005
 22/05/2005 a 28/05/2005
 15/05/2005 a 21/05/2005
 08/05/2005 a 14/05/2005
 01/05/2005 a 07/05/2005
 24/04/2005 a 30/04/2005
 17/04/2005 a 23/04/2005
 10/04/2005 a 16/04/2005
 03/04/2005 a 09/04/2005
 27/03/2005 a 02/04/2005
 20/03/2005 a 26/03/2005
 13/03/2005 a 19/03/2005
 06/03/2005 a 12/03/2005
 20/02/2005 a 26/02/2005
 13/02/2005 a 19/02/2005
 06/02/2005 a 12/02/2005



OUTROS SITES
 TODOS OS LINKS CONSULTADOS E VISITADOS PELO REDUTO DO COMODORO
 LINKS RÁPIDOS [DE PESQUISA]
 OLHOS LIVRES - o site de Carlos Reichenbach
 REDUTO DO COMORO - Ampliado no site OLHOS LIVRES
 REDUTO DO COMODORO 2004
 O ESSENCIAL DO FILME NOIR
 O ESSENCIAL DO FAROESTE AMERICANO
 O ESSENCIAL DO FILME DE GANGSTER
 O ESSENCIAL DO FAROESTE SPAGUETTI
 O ESSENCIAL DO FILME MUSICAL AMERICANO
 O ESSENCIAL DO CINEMA EXTREMO
 O ESSENCIAL DO FILME FANTÁSTICO E DE HORROR PARTE 1
 O ESSENCIAL DO CINEMA FANTÁSTICO E DO FILME DE HORROR - ANOS 60
 O ESSENCIAL DO CINEMA FANTÁSTICO E DO FILME DE HORROR - ANOS 70
 O ESSENCIAL DO CINEMA FANTÁSTICO E DO FILME DE HORROR - ANOS 80
 PERFORMANCES ANTOLÓGICAS DO CINEMA BRASILEIRO


VOTAÇÃO
 Dê uma nota para meu blog!