Deu no VISCERA BLOG + Novo Blog na Web + Manifestação 1

TODOS OS SPAGUETTIS LANÇADOS EM DVD NO BRASIL

 Haráclito Maia acaba de publicar em seu blog a relação completa de todos os faroestes italianos lançados em DVD no país:

http://www.xmaniac.net/viscera/

 A surpresa fica por conta do lançamento recente de FACCIA A FACCIA (Quando os Brutos se Defrontam), de Sergio Sollima, pela New Line, em formato wide e com áudio em italiano (legendas em português, claro). Trata-se de um dos cinco melhores filmes do gênero "spaguetti western" realizados; uma obra política e original do mesmo nível dos melhores Leones e do fenomenal GRINGO (Quien Sabe?),de Damiano Damiani.
 Consultei o expert Maia sobre outros dois excelentes "spaguettis" disponíveis e recebi a recomendação: "O REQUIEM PARA MATAR (de Carlo Lizzani) e o BLINDMAN (de Ferdinando Baldi) saíram pela Ocean Pictures, e enquanto o primeiro está numa cópia bacana, o segundo esta com péssima qualidade, não recomendo em hipótese alguma!"
 Uma outra bela surpresa foi descobrir que MÁTALO, de Cesare Canevari, o mais porralouca e original dos "faroguettis" acaba de sair em DVD nos Estados Unidos, o que facilitará a sua aquisição por alguma distribuidora nativa.

SOBRE "FACCIA A FACCIA"
(do site da DVD World)


QUANDO OS BRUTOS SE DEFRONTAM
Título Original: Faccia a faccia - Itália 1967

Atores: Tomas Milian, Gian Maria Volontè, William Berger, Jolanda Modio, Gianni Rizzo, Carole André, Ángel del Pozo, Aldo Sambrell

Diretor: Sergio Sollima

Sinopse: Brad Fletcher (Gian Maria Volontè), é um professor de história que por causa da guerra civil, enfrenta problemas de saúde e depressão. Assim, resolve se mudar para o oeste selvagem onde se vê sob os cuidados de Bennet, um fora-da-lei. Os dois criam uma forte amizade e o professor, para salvar a vida do outro, pela primeira vez mata um ser humano. Fletcher faz com que o bandido questione seu violento estilo de vida, mas enquanto isso, o professor cada vez mais se vê envolvido e fascinado pelo mundo dos criminosos transformando-se em um homem violento, fanático e de sangue frio. E finalmente, se transforma em um bandido ainda mais cruel e perigoso que o próprio Bennet. Porém, após um tumultuado assalto a banco, os dois se encontram a caminho, de um inevitável confronto final.


NOVO BLOG DE CINEMA

Os alunos da CINETVPR estão divulgando o seu blog MEIA ENTRADA, onde publicam suas críticas e resenhas sobre filmes, entre outras coisas mais...

http://www.estudantepagameia.blogspot.com/


JORNAL DA UTOPIA

NOTÍCIAS QUE DÃO VERGONHA 01

"Polícia despeja o centro social Ungdomshuset em Copenhague, Dinamarca"

http://www.midiaindependente.org/pt/blue/2007/03/374553.shtml



Escrito por Carlos Reichenbach às 12h48
[]


 
   HORA DA VERDADE

COMENTÁRIOS SÃO SEMPRE BENVINDOS

 Um post do dia 04 de março, do editor do ótimo blog OUTRAS BOSSAS me chamou a atenção. Reproduzo-o abaixo porque tenho sido acometido da mesma estranha impressão com relação a posts recentes do REDUTO referentes a Taiguara, Ademilde Fonseca e Guilherme Vaz; excetuando o gesto da jornalista Maria do Rosário Caetano, que republicou o apelo feito pelo blog para que pessoas se manifestassem a favor do repatriamento do disco "Imyra, Tayra, Ipy - Taiguara", em seu ALMANAQUITO.

http://www.outrasbossas.blogspot.com/

 O blog OUTRAS BOSSAS tem feito um autêntico serviço de utilidade pública ao "resgatar materiais em áudio como velhos programas de rádio, discos fora de catálogo - a maioria com mais de 50 anos - buscando apenas demonstrar nosso carinho aos artistas que tanto fizeram pela arte e que em sua grande maioria hoje jazem esquecidos e separados pela neblina do tempo e distância das novas gerações."
 Assim se expressou o editor do blog:

Aviso Importante!! NO COMMENTS - NO POSTS!
 Apesar do marcador assinalar por vezes mais de meia centena de visitantes por dia, e deste sítio se situar na seleta lista dos blogs brasileiros mais interessantes e curiosos, Outras Bossas não tem recebido a quantidade de manifestações que se consideraria digna pelo trabalho, tempo, dedicação e CUSTO que sua manutenção e pesquisa exigem.
 Ja não é do desconhecimento de ninguém, que nós "blogueiros culturais" não ganhamos nada pelo trabalho e, no caso em particular deste site por oferecer a possibilidade única GRATUITA de acessar e guardar para sempre materiais que fazem parte da história de nossa radiofonia, e que não se encontram em qualquer esquina. E geralmente quando raramente se encontra alguém que disponha de tais raridades, ou a fonte mantenedora não permite cópia nem ao menos para pesquisa, ou algumas empresas especializadas oferecem o material por preços elevados (que de fato é o que aqui estamos oferecendo vale).
 Então vou "dar um tempo" nas postagens. Quando considerar que a quantidade de comentários nos posts antigos for suficiente para acarinhar meu ego ferido... O Blog retorna.
 Obrigado de coração aos poucos que dedicaram alguns segundos para tecerem suas considerações.

 Ainda bem que o editor de Passo Fundo, Rio Grande do Sul não cumpriu sua ameaça à risca e publicou, logo no dia 09 de março, uma autêntica pérola: o programa Dick Farney - Especial Na Era do Rádio, disponibilizando-o para download em 4 etapas.

 Em tempo: o editor do REDUTO não espera (nem quer) que ninguém venha acarinhar "seu ego ferido", mas que manifestações - quaisquer que sejam - sempre são bem recebidas (ainda mais quando o assunto não se restringe a cinema), isso é óbvio. Sobra sempre a impressão, no caso deste espaço, de que escapar do assunto cinema não interessa a nenhum fiel ou leitor eventual. Sobra também a dúvida se vale a pena ou não perder tempo arquivando e "socializando" raridades em MP3 neste espaço, ou se é mais interessante criar um outro endereço que se comunique diretamente com outros parceiros de empreitada.



Escrito por Carlos Reichenbach às 01h45
[]


 
   Novo Prêmio

PRÊMIO JAIRO FERREIRA

 Será realizado na próxima segunda-feira, 12 de março de 2007, às 20h30, o I PRÊMIO JAIRO FERREIRA, no Cinesesc (SP). Na ocasião, serão exibidos, em sessão especial para convidados, o curta O Guru e os Guris, de Jairo Ferreira, e o longa inédito Cão sem Dono, de Beto Brant.

 O PRÊMIO JAIRO FERREIRA é uma iniciativa conjunta dos editores e redatores de cinco revistas de cinema brasileiras: as eletrônicas Cinequanon, Cinética e Contracampo; e as impressas Paisà e Teorema. São revistas que possuem laços fortes de amizade e trabalho, empenhadas em fazer da crítica de cinema antes de tudo um exercício de paixão. Os críticos que trabalham nelas são em sua maior parte de uma geração surgida em textos nos anos 1990, entre pesquisadores acadêmicos e de fora da universidade, jornalistas, professores e profissionais de outras áreas. Elas se unem agora nessa primeira iniciativa comum, que será complementada depois com uma série de debates durante o Festival Melhores do Ano do Cinesesc.

 A iniciativa presta homenagem ao crítico Jairo Ferreira - autor, entre outros, do livro Cinema de Invenção e do filme O Vampiro da Cinemateca. Jairo primou pela paixão de e em seus textos, sempre a valorizar o estilo e a inventividade dos diretores, com um tipo de linguagem livre que deixou de ser aceita na imprensa. Ele e seu espírito crítico vêm servindo de inspiração direta e constante para o trabalho dessas revistas, que se caracterizam pela não remuneração e a desvinculação de empresas. Jairo foi coordenador de cineclube (Dom Vital) nos anos 1960 e escreveu nos jornais São Paulo Shinbum (1966-1972) e Folha de S. Paulo (1976-1980). Foi colaborador das revistas Cisco e Filme Cultura, e dos jornais Cine Imaginário, Jornal da Tarde e O Estado de S. Paulo.

 O júri do Prêmio é composto por 33 críticos dos cinco veículos (a maioria fixada em Rio de Janeiro e São Paulo, mas com representantes de Porto Alegre e Belo Horizonte), o que o torna o mais abrangente prêmio anual organizado por críticos de cinema do país.

 O Prêmio elegerá os melhores a partir de uma lista de indicados previamente apurada, nas seguintes categorias:

 Melhor Longa Brasileiro
Concorriam às indicações todos os filmes com primeira exibição em SP ou RJ ao longo de 2006.

 Os indicados:
- O Ano em que Meus Pais Saíram de Férias, de Cao Hamburger
- O Céu de Suely , de Karim Aïnouz
- A Concepção, de José Eduardo Belmonte
- Eu Me Lembro, de Edgard Navarro
- Serras da Desordem , de Andrea Tonacci

 Melhor Lançamento em Cinema
Concorriam às indicações todos os filmes realizados após 2004, que tenham 2006 como ano de seu primeiro lançamento comercial em cinema no Brasil.

 Os indicados:
- 2046, de Wong Kar-wai (Pandora)
- Amantes Constantes, de Philippe Garrel (Imovision)
- A Dama na Água , de M. Night Shyamalan (Warner)
- Miami Vice, de Michael Mann (UIP-Paramount)
- O Novo Mundo, de Terence Malick (Playarte)
- O Plano Perfeito, de Spike Lee (UIP-Paramount)

 Melhor Lançamento em DVD
Concorriam às indicações todos os lançamentos em DVD de 2006 - levando-se em conta a qualidade das edições e complementos, e a originalidade e/ou relevância do lançamento.

 Os indicados:
- Eu, um Negro, de Jean Rouch (Videofilmes)
- Mestres do Horror, de vários diretores (Paris)
- Rastros do Odio (Edição Especial), de John Ford (Warner)
- Sarabanda, de Ingmar Bergman (Columbia)
- Terra em Transe (Edição Restaurada), de Glauber Rocha (Versátil)

 Melhor Mostra de Audiovisual
Concorriam às indicações mostras realizadas no Rio de Janeiro e/ou São Paulo em 2006, valendo apenas menções a eventos de freqüência não-regular e/ou única.

 As indicadas:
- Agnès Varda: O Movimento Perpétuo do Olhar (CCBB-SP, Odeon BR-RJ, CCBB-DF - curadoria e produção: Cristian Borges, Gabriela Campos, Ines Aisengart)
- O Cinema Que Reinventa a Política (Reserva Cultural-SP, Maison de France-RJ - curadoria: Jean-Michel Frodon; produção: Artepensamento e Embaixada da França )
- Faces de John Cassavetes (CCBB-RJ - curadoria: Joel Pizzini; produção: Sara e Paloma Rocha)
- As Muitas Faces de Jece Valadão (CCBB-RJ - curadoria: Fernando Veríssimo; produção: Mario Azen)
- Nam June Paik (Oi Futuro-RJ - curadoria: Nelson Hoineff e Newton Cannito; produção: Juliane Leite)



Escrito por Carlos Reichenbach às 10h50
[]


 
   Arte Vaz

O CERCO DAS IDÉIAS ELEVADAS

 - A VISÃO DE GUILHERME VAZ -

  Solicitei ao maestro, compositor, professor, pensador e amigo Guilherme Vaz para postar o incrível "O Cerco das Idéias Elevadas" aqui no REDUTO, e ele me enviou a seguinte mensagem:


"COM FIRMEZA _ SIM . É UM DESENHO SOBRE PAPEL QUE PODE SER AMPLIADO PARA UMA PINTURA _ UMA TELA Á ÓLEO _ MUITO GRANDE _ DE TAMANHO DESPROPORCIONAL _ [ESTA É A INTENÇAO _ OU MESMO UM " POSTER DE ESTRADA" _ GIGANTE _ E ESCANEADO EM LINGUAGEM DIGITAL] _ QUE SINTETIZA ANOS DE REFLEXÃO QUE FAÇO SOBRE AS RELAÇÕES ENTRE A ARTE E A SOCIEDADE NO PARTICULAR PAÍS BRASIL _ e que só agora pude exprimir em termos de pintura _ porque acho que as imagens falariam mais do que as palavras.
 E MESMO POSSO DIZER QUE HÁ IDÉIAS AÍ REFERENTES À OUTROS LUGARES _ quem vê cinema vai logo saber _ [ "a mais recente arte, darwinianamente a ponta da lança" ].
_ guilherme. [ abs , para o bach ].



Escrito por Carlos Reichenbach às 00h35
[]


 
   Encontros Notáveis

PORQUE DESENHO - por Guilherme Vaz

 Atualmente eu prefiro chamá-las "artes do silêncio"  ou mesmo "artes visuais" ou "arte" simplesmente do inglês ART , PODERIAMOS TAMBEM COLOCÁ-LA NO NÍVEL DO "Livro das Visões" _ o mesmo de um "Diário das Vidências Comuns" _ o que seria um belo titulo. Ou de "uma comunicação de vidências para a divisão de ansiedades provocadas por elas" , este talvez seja o grande titulo das artes visuais _ ou mesmo "conversando abaixo do nível da água das palavras" _ estas de pouquíssimo valor nos mundos de formação mediterrânea _ onde a "imagem " o "sentido" e mesmo "o sensorial" superam as palavras , por isso as mesas de jantar italianas são tão belas _ e as nossas também _ ali em torno da mesa posta , algo que no fundo esta transcendentalmente colocado no rito da " missa " _ que quer dizer "carta" , e cartas são povoadas de palavras _ os mediterrâneos se encontram preferencialmente na mesa posta_ portanto a mesa de jantar para eles é uma "carta" _ para o mundo e outras para os participantes _ nas quais as palavras são o que menos importam _ mas a mesa os gestos e as cores e as veladuras. Portanto para nos mediterrâneos desenhar é um ato-de-ser assim como para os peixes o nadar _ e mito principal do mundo mediterrâneo é a "missa" _ "a carta em torno da mesa posta para o mundo" _ "o mundo geral" _ e nela tudo canta tudo são cores e as "o mundo canta" e se expressa_ conjugadamente em todas as suas dimensões _ da arquitetura aos couros que protegem os pés, ás pinturas que povoam as paredes  _ os arquétipos cantam e as contradições são elevadas á condição de motores semânticos do mundo. é a "missa"_ ali tudo se encontra _ e toda a criação comunga da raridade do "espírito"_ é a "carta"_ do latim "missiva" , "enviar"_ o "estar-essencial" _ os cães os negros as plantas os bichos os pequenos e os grandes _ os homens do norte não podem ainda entender isso porque como para as sociedades mediterrâneas "a missa " é o mito essencial por outro lado "a troca" é o deles _ e isto é incompatível com a "missa " _ porque nela tudo é "gratuito" apesar de ter sido "plantado " _ estes homens os mediterrâneos são muito especiais _ por isso desenho _ porque no meio deles tendo nascido por meio deles me tornei um "prisioneiro-do-espírito"_ da "imagem"_ guilherme.

*Guillerme Vaz*artist*vocatus et non vocatus sinenomine adherit*

BATUQUE DOS ASTROS

 Parceiros da invenção: Júlio Bressane e Guilherme Vaz.



Escrito por Carlos Reichenbach às 10h43
[]


 
   Cineclube, Zingú de Março e Alerta no Orkut

O PRIMEIRO CINEMA NO CINECLUBE EQUIPE

 O Cineclube Equipe do Instituto Equipe Cultura e Cidadania  tem o prazer de convidar a todos para sua primeira sessão do ano, "O PRIMEIRO CINEMA ", no sábado dia 10 de março de 2007, no auditório do Colégio Equipe.

 Em 2007, o Cineclube apresenta o Panorama Estórias do Cinema , uma tentativa de reconstruir e redescobrir nosso olhar para as imagens em movimento. 
 Adotamos a linha cronológica como guia para (re)vermos o antigo como se fosse a primeira vez, buscando, sempre, compreender a nós mesmos e a nossa sociedade. Estórias, porque não são todas, são algumas das que nos interessam, entendidas em seus contextos específicos. Não pretendemos esgotar nenhum tema. Queremos, sim, abrir mais janelas para que as discussões se estendam para fora de nosso espaço e sejamos capazes de criar novas relações, talvez escondidas atrás do que parece já conhecido e acabado. 
 
 15h30 - Venda de bottoms, exposição de murais informativos sobre os filmes, livros à disposição e bombinière, ao som de banda no agradável hall de entrada.

16h - Exibição de mais de vinte filmes de curta-metragem realizados entre os anos 1894 e 1912. Entre eles estão " O grande assalto ao trem" (1903) de Edwin Porter, considerado o primeiro filme faroeste do cinema; "A chegada do trem" dos irmãos franceses Auguste e Louis Lumière; quatro filmes do mestre dos efeitos especiais Georges Méliès, incluindo " Viagem à Lua" e outros de grande importância.

17h30 - Intervalo.

18h - Debate com Flavia Cesarino Costa, autora de "O primeiro cinema: espetáculo, narração, domesticação", seguido de sorteio do livro.
 
 O valor do ingresso é de R$4,00.

 Mais cedo, no mesmo dia, às 10h, o Cineclubinho Equipe exibirá " James e o Pêssego Gigante" (1996) de Henry Selick, seguido de uma atividade lúdica com as crianças  e sorteio do livro de Road Dahl que inspirou o filme. (Ingresso: R$2,00)

 Para mais informações e programação completa da sessão, visite o site: http://www.cineclubeequipe.blogger.com.br


ZINGÚ

Matheus Trunk mandou avisar:

 Carlão e amigos: já está no ar a edição de março da revista eletrônica Zingu! (www.revistazingu.blogspot.com) com dossiê Ozualdo Candeias com análise de 8 filmes; subgêneros obscuros com filmes de vampiras lésbicas; clássicos de prestígio com Tarde Demais Para Esquecer; especial in memorian de Carlos Coimbra; cantinho do Aguilar com teatro, cinema e futebol; musas eternas com Cláudia Ohana; entrevista Wilson Grey por outros; Coluna Cinema Extremo com A Ilha; o que a crítica Sabe com Independência ou Morte; ruído com Marvin Gaye; Coluna Estranho Encontro com Muito Prazer; anti-musas nas premiações; cantoras com Nalva Aguiar.

 MATHEUS - Por falar em música brega, por onde andam o Markinhos Moura, o primeiro ínterprete assumidamente gay e brega da música popular brasileira, intérprete da genial "MEU MEL", o "gigante" Odair José e o delicioso (as) Trio Los Angeles (de "Transas e Caretas" e "Vamos Dançar Mambolê")? A Zingú está "intimada" a entrevistar essas gemas do pop caboclo.


- Da Comunidade "Subcomandante Marcos - EZLN"
 Bush será recebido pelo governo brasileiro como chefe de Estado, e a pauta das conversações inclui um possível incremento das relações comerciais na área dos biocombustíveis. É bom que o Brasil venda etanol aos EUA. E será melhor ainda quando eles deixarem de pagar 54 centavos de dólar por galão, a título de barreira protecionista. Ora, são os EUA que têm o vício dos bloqueios comerciais, como o estabelecido unilateralmente contra Cuba.


Escrito por Carlos Reichenbach às 13h10
[]


 
   Ainda do Orkut

 HOMENAGEM A ADEMILDE FONSECA

- da comunidade VELHA GUARDA DA MPB -

http://www.orkut.com/Community.aspx?cmm=2103151

 Dia 04 de março, Ademilde Fonseca completou 86 anos de idade, dos quais 65 dedicados ao choro. À pedido de um antigo fã, Vinicius, Felipe Junior postou - em MP3 - as clássicas gravações de SONOROSO, SONHANDO, PINICADINHO, MEU CARIRI e DELICADO:

Intérprete: Ademilde Fonseca
Canção: Sonhando
Choro / Gravação 03.03.1948
Compositor: Del Loro & Sebastiao Barros
Acompanhamento: Orquestra k-Ximbinho
http://lix.in/5a7c74

Intérprete: Ademilde Fonseca
Canção: Delicado
Baião / Gravação 23.03.1951
Compositor: Ari Vieira & Valdir Azevedo
Acompanhamento: Conjunto Melódico & Guio de Morais
http://lix.in/60b3b9

Intérprete: Ademilde Fonseca
Canção: Meu Cariri
Baião / Gravação 08.05.1953
Compositor: Dilú Melo & Rosil Cavalcanti
http://lix.in/fe4fb0

Intérprete: Ademilde Fonseca
Canção: Pinicadinho
Polca / Gravação 1954
Compositor: Jararaca & Ratinho
http://lix.in/5d8593

Intérprete: Ademilde Fonseca
Canção: Sonoroso
Choro / Gravação 1946
Compositor: Del Loro & K-Ximbinho
http://lix.in/0e7294


SORTE DE COLECIONADOR

e-mail enviado por Ítalo Marcus, de Teresina-Piauí:
"Esta manhã acessei seu blog e vi a notícia sobre o disco do Taiguara e, se isso ajuda em alguma coisa, eu tenho o disco em vinil, comprei lá em Salvador há uns 10 anos atrás junto com outro vinil excelente chamado "Se o Caso é Chorar" do Tom Zé e, infelizmente, na hora que eu cheguei na banca já estavam levando o "Estudando o Samba" do Tom Zé também, pois é, tenho o  disco banido do Taiguara na minha coleção vinílica, mas confesso que nunca parei para escutar e nem sabia desse problema ditatorial, eu tinha um outro dele com o Som Imaginário, mas não tenho mais."



Escrito por Carlos Reichenbach às 10h34
[]


 
   Direto do Orkut

- Da comunidade MÚSICAS FORA DE CATÁLOGO - MFDC -

http://www.orkut.com/Community.aspx?cmm=3575918

REPATRIAMENTO DE TAIGUARA

 Imyra, filha do cantor-compositor Taiguara (1945-1996), está numa luta intensa para repatriar o disco censurado do pai, "Imyra, Tayra, Ipy - Taiguara", que a gravadora insiste em não lançar no Brasil. Do disco participaram músicos do porte de Raul Mascarenhas, Hermeto Pascoal, Wagner Tiso, Nivaldo Ornellas, Toninho Horta, Mário Senize, Zé Eduardo Nazário, Lucia e Jacques Morelembaum, entre outros.
 A campanha de Repatriamento do "Imyra, Tayra, Ipy – Taiguara", é um apelo à gravadora para trazer o disco de volta para o Brasil, desde que após ser censurado e recolhido das prateleiras pela ditadura militar (apenas 72 horas após o lançamento), o trabalho hoje só se encontra disponível para compra no Japão!
 Para conhecer melhor a história deste disco (militante sim, mas extraordinário) perseguido e censurado pelo regime militar, cujas matrizes foram dadas como perdidas e que apareceu, como por encanto, prensado no Japão, visite o site da filha do cantor-compositor e assine o manifesto de repatriamento do mesmo:

http://www.imyra-tayra-ipy-taiguara.com/index.html


ALGUNS FRAGMENTOS DO COMODORO
ESPALHADOS NO ORKUT

Comunidade Cinema Brasileiro

http://www.orkut.com/Community.aspx?cmm=32609
- tópico: 60 PERFORMANCES ANTOLÓGICAS DO CINEMA BRASILEIRO
01
" Nachtergale, que está soberbo em CIDADE DE DEUS, não convence como gurú bi-sexual. Gosto muito do filme A CONCEPÇÃO, e a única coisa que me incomodou foi a escolha do protagonista X. O Belmonte devia ter convidado o maestro (e gênio de Brasília) Guilherme Vaz; um gurú autêntico e fenomenal...."
02
- post de José Eduardo Belmonte
"Oi Carlão. Interessante seu comentário sobre a escolha do Matheus pra X. Já ouvi isso de outras pessoas, mas confesso que gosto muito, muitissimo, do trabalho do Matheus no filme. O que acho curioso no seu comentário é que inicialmente quem eu tinha chamado pra fazer o X foi o Murilo Grossi. Ele pediu para fazer outro personagem por estar sem tempo pra se dedicar o quanto o personagme pedia e ai, eu , o Sacramento e a Lili achamos que seria interessante que o X fosse feito or um ator mais franzino, (mas carismático) para o X; ser meio um virus. Sim, além do trabalho da Rosanne (que é fantástico e que briguei para que ela fizesse porque ninguém da produção queria) também vale destacar o do Gabrielle Lopez (a atriz loira que faz Ariane) e do Juliano Cazarré, que faz o Alex. Além do Milhen, que descobri vendo Garotas do ABC.
Para encerrar, isso aqui ficou enorme, o Guilherme Vaz é realmente um gênio e guru desde da minha adolescência qdo conheci os trabalhos dele atraves do Sérgio Bernardes (filho). Fiquei meio sem ação quando , no fest de Brasilia, o Zepedro Gollo (que é quase meu irmão) ganhou melhor trilha no lugar dele (que fez Veneno da Madrugada). E sim: será que ele topa ser ator. Gostei muito da idéia."
03
 BELMONTE - Não se avexe. A trilha do seu filme é cúmplice e só isso basta para ser devidamente reconhecida. Guilherme Vaz já foi várias vezes premiado (inclusive por FILME DE AMOR, onde sua música aparece pouco - quando eu preferia mil vezes ver NELSON AYRES sair devidamente reconhecido pela genial - e complexa - trilha de GAROTAS DO ABC). Sou fã de carteirinha de Guilherme Vaz (autor das trilhas formidáveis de, entre outros, COMO ERA BOM MEU FRANCÊS, IPANEMA ADEUS, O DIA EM QUE O SANTO PECOU, PANTERA ONÇA, UM ANJO NASCEU, etc), que também seria um gurú genial em A CONCEPÇÃO. Murilo Grossi também seria uma escolha fantástica (ele está despojado - e corajoso - no filme) porque é um grande ator (e, parece, grande preparador de elenco também - foi ele quem preparou os atores de BRAVA GENTE BRASILEIRA - aliás, onde anda aquela atriz genial Luciana Rigueira?).
 Se você tivesse visto Roberto Bontempo caracterizado de Raul Seixas, tenho certeza de que o convidaria para fazer X.
 Matheus realmente me pareceu muito frágil e feminino para um personagem tão fascinante (másculo, mas ambíguo). É chato falar isso porque soa preconceituoso, mas Matheus está genial como o traveco do filme americano feito em São Paulo, 12 HORAS ATÉ O AMANHECER, ou como a bicha de AMARELO MANGA. Até em CENTRAL DO BRASIL, como o fragil irmão do protagonista, ele está notável.
 Agora, lance luminar foi ter chamado o dramaturgo Mario Bortolotto para protagonizar seu novo filme. Há anos não se vê na frente das câmaras uma tipologia tão rodrigueana (ou, como queira, uma personalidade tão "bárbara e nossa" que misture Nelson, com Plínio Marcos e Oswald).
04
"Só para reforçar os conceitos que nortearam a escolha pessoal, é preciso deixar claro que não foi levada em consideração as interpretações consideradas virtuososas "em excesso". Pessoalmente, sempre fico com o pé atrás, com atores que se sobressaem ao conjunto do elenco por um esforço exagerado de parecer formidável. O Oscar americano prima por esta perversão. Quer ver um ator ganhar um Oscar? Basta protagonizar qualquer biografia notória. Ainda ontem, fiquei com um amigo contabilizando a quantidade de "oscares" dados a atores de filme biográficos. Cáspite, esse é o caminho mais fácil para qualquer bom profissional, já que o ator parte de um parâmetro existente. Interpretações muito mais complexas são aquelas que nascem da imaginação de quem escreve (o roteirista) e de quem constrói o personagem fictício (o ator). A isso chamamos "invenção". Qualquer neófito deveria perceber isso com clareza. Sim me impressiona ver Fox "incorporando" Ray Charles, mas me impressiona muito mais (por exemplo) lembrar de Peter O´Toole como o general Tanz, em A NOITE DOS GENERAIS (uma interpretação arriscada, cheia de tiques nervosos, teatral, carregada, anti-naturalista por excelência, mas exuberante e de dar medo e pesadelos ao mais corajoso dos espectadores).
Interpretações geniais são aquelas que tornam o ator ser intregrante do filme. Você lembra de O BANDIDO DA LUZ BERMELHA, lembra imediatamente de Paulo Villaça; nem sei dizer se é uma grande atuação porque está muito além de conceitos técnicos (tecnicamente é um arrazoado de clichês reciclados com ironia e "donaire"); ele é o Bandido, e ponto. Na época do lançamento de VIDAS SECAS, vi críticos apontando Atila Iório como uma escolha errada. Que estupidez! A primeira vez que eu li (antes de ver o filme) VIDAS SECAS, eu enxerguei o pai daquele jeito. Iório trouxe ao filme a sua formação de ator de circo mambembe, sua catadura cabocla, chucra... Hoje, Átila Iório é a "cara do filme".



Escrito por Carlos Reichenbach às 02h18
[]


 
  [ ver mensagens anteriores ]  
 
 
HISTÓRICO
 03/08/2008 a 09/08/2008
 27/07/2008 a 02/08/2008
 13/07/2008 a 19/07/2008
 06/07/2008 a 12/07/2008
 22/06/2008 a 28/06/2008
 15/06/2008 a 21/06/2008
 08/06/2008 a 14/06/2008
 25/05/2008 a 31/05/2008
 11/05/2008 a 17/05/2008
 04/05/2008 a 10/05/2008
 27/04/2008 a 03/05/2008
 20/04/2008 a 26/04/2008
 13/04/2008 a 19/04/2008
 06/04/2008 a 12/04/2008
 30/03/2008 a 05/04/2008
 23/03/2008 a 29/03/2008
 16/03/2008 a 22/03/2008
 09/03/2008 a 15/03/2008
 02/03/2008 a 08/03/2008
 24/02/2008 a 01/03/2008
 17/02/2008 a 23/02/2008
 10/02/2008 a 16/02/2008
 03/02/2008 a 09/02/2008
 27/01/2008 a 02/02/2008
 20/01/2008 a 26/01/2008
 13/01/2008 a 19/01/2008
 06/01/2008 a 12/01/2008
 30/12/2007 a 05/01/2008
 23/12/2007 a 29/12/2007
 16/12/2007 a 22/12/2007
 09/12/2007 a 15/12/2007
 02/12/2007 a 08/12/2007
 25/11/2007 a 01/12/2007
 18/11/2007 a 24/11/2007
 11/11/2007 a 17/11/2007
 04/11/2007 a 10/11/2007
 21/10/2007 a 27/10/2007
 14/10/2007 a 20/10/2007
 07/10/2007 a 13/10/2007
 30/09/2007 a 06/10/2007
 23/09/2007 a 29/09/2007
 02/09/2007 a 08/09/2007
 26/08/2007 a 01/09/2007
 19/08/2007 a 25/08/2007
 12/08/2007 a 18/08/2007
 05/08/2007 a 11/08/2007
 29/07/2007 a 04/08/2007
 22/07/2007 a 28/07/2007
 15/07/2007 a 21/07/2007
 08/07/2007 a 14/07/2007
 01/07/2007 a 07/07/2007
 24/06/2007 a 30/06/2007
 17/06/2007 a 23/06/2007
 10/06/2007 a 16/06/2007
 03/06/2007 a 09/06/2007
 27/05/2007 a 02/06/2007
 20/05/2007 a 26/05/2007
 13/05/2007 a 19/05/2007
 22/04/2007 a 28/04/2007
 15/04/2007 a 21/04/2007
 08/04/2007 a 14/04/2007
 01/04/2007 a 07/04/2007
 25/03/2007 a 31/03/2007
 18/03/2007 a 24/03/2007
 11/03/2007 a 17/03/2007
 04/03/2007 a 10/03/2007
 25/02/2007 a 03/03/2007
 18/02/2007 a 24/02/2007
 11/02/2007 a 17/02/2007
 04/02/2007 a 10/02/2007
 28/01/2007 a 03/02/2007
 21/01/2007 a 27/01/2007
 14/01/2007 a 20/01/2007
 07/01/2007 a 13/01/2007
 31/12/2006 a 06/01/2007
 24/12/2006 a 30/12/2006
 17/12/2006 a 23/12/2006
 10/12/2006 a 16/12/2006
 03/12/2006 a 09/12/2006
 26/11/2006 a 02/12/2006
 19/11/2006 a 25/11/2006
 12/11/2006 a 18/11/2006
 05/11/2006 a 11/11/2006
 29/10/2006 a 04/11/2006
 22/10/2006 a 28/10/2006
 15/10/2006 a 21/10/2006
 08/10/2006 a 14/10/2006
 01/10/2006 a 07/10/2006
 24/09/2006 a 30/09/2006
 17/09/2006 a 23/09/2006
 10/09/2006 a 16/09/2006
 03/09/2006 a 09/09/2006
 27/08/2006 a 02/09/2006
 20/08/2006 a 26/08/2006
 30/07/2006 a 05/08/2006
 09/07/2006 a 15/07/2006
 02/07/2006 a 08/07/2006
 25/06/2006 a 01/07/2006
 18/06/2006 a 24/06/2006
 11/06/2006 a 17/06/2006
 04/06/2006 a 10/06/2006
 28/05/2006 a 03/06/2006
 21/05/2006 a 27/05/2006
 14/05/2006 a 20/05/2006
 07/05/2006 a 13/05/2006
 30/04/2006 a 06/05/2006
 23/04/2006 a 29/04/2006
 16/04/2006 a 22/04/2006
 09/04/2006 a 15/04/2006
 02/04/2006 a 08/04/2006
 19/03/2006 a 25/03/2006
 12/03/2006 a 18/03/2006
 05/03/2006 a 11/03/2006
 19/02/2006 a 25/02/2006
 12/02/2006 a 18/02/2006
 05/02/2006 a 11/02/2006
 29/01/2006 a 04/02/2006
 22/01/2006 a 28/01/2006
 15/01/2006 a 21/01/2006
 08/01/2006 a 14/01/2006
 01/01/2006 a 07/01/2006
 25/12/2005 a 31/12/2005
 18/12/2005 a 24/12/2005
 11/12/2005 a 17/12/2005
 04/12/2005 a 10/12/2005
 27/11/2005 a 03/12/2005
 20/11/2005 a 26/11/2005
 13/11/2005 a 19/11/2005
 06/11/2005 a 12/11/2005
 30/10/2005 a 05/11/2005
 23/10/2005 a 29/10/2005
 16/10/2005 a 22/10/2005
 02/10/2005 a 08/10/2005
 25/09/2005 a 01/10/2005
 18/09/2005 a 24/09/2005
 11/09/2005 a 17/09/2005
 04/09/2005 a 10/09/2005
 28/08/2005 a 03/09/2005
 21/08/2005 a 27/08/2005
 14/08/2005 a 20/08/2005
 07/08/2005 a 13/08/2005
 31/07/2005 a 06/08/2005
 24/07/2005 a 30/07/2005
 17/07/2005 a 23/07/2005
 10/07/2005 a 16/07/2005
 26/06/2005 a 02/07/2005
 19/06/2005 a 25/06/2005
 12/06/2005 a 18/06/2005
 05/06/2005 a 11/06/2005
 29/05/2005 a 04/06/2005
 22/05/2005 a 28/05/2005
 15/05/2005 a 21/05/2005
 08/05/2005 a 14/05/2005
 01/05/2005 a 07/05/2005
 24/04/2005 a 30/04/2005
 17/04/2005 a 23/04/2005
 10/04/2005 a 16/04/2005
 03/04/2005 a 09/04/2005
 27/03/2005 a 02/04/2005
 20/03/2005 a 26/03/2005
 13/03/2005 a 19/03/2005
 06/03/2005 a 12/03/2005
 20/02/2005 a 26/02/2005
 13/02/2005 a 19/02/2005
 06/02/2005 a 12/02/2005



OUTROS SITES
 TODOS OS LINKS CONSULTADOS E VISITADOS PELO REDUTO DO COMODORO
 LINKS RÁPIDOS [DE PESQUISA]
 OLHOS LIVRES - o site de Carlos Reichenbach
 REDUTO DO COMORO - Ampliado no site OLHOS LIVRES
 REDUTO DO COMODORO 2004
 O ESSENCIAL DO FILME NOIR
 O ESSENCIAL DO FAROESTE AMERICANO
 O ESSENCIAL DO FILME DE GANGSTER
 O ESSENCIAL DO FAROESTE SPAGUETTI
 O ESSENCIAL DO FILME MUSICAL AMERICANO
 O ESSENCIAL DO CINEMA EXTREMO
 O ESSENCIAL DO FILME FANTÁSTICO E DE HORROR PARTE 1
 O ESSENCIAL DO CINEMA FANTÁSTICO E DO FILME DE HORROR - ANOS 60
 O ESSENCIAL DO CINEMA FANTÁSTICO E DO FILME DE HORROR - ANOS 70
 O ESSENCIAL DO CINEMA FANTÁSTICO E DO FILME DE HORROR - ANOS 80
 PERFORMANCES ANTOLÓGICAS DO CINEMA BRASILEIRO


VOTAÇÃO
 Dê uma nota para meu blog!