FIM DE SEMANA GORDO PELO BRASIL

FIM DE SEMANA GORDO PARA CINÉFILOS

EM BELO HORIZONTE

I Mostra Filmes Polvo de Cinema e Crítica – Entre a Reflexão e a Realização
Quando: dias 28 e 29 de fevereiro, 1 e 2 de março (quinta-feira a domingo)
Onde: Cine Humberto Mauro, no Palácio das Artes (Avenida Afonso Pena, 1547 – Centro)
Quanto: toda a programação é gratuita.

FILMES E DEBATES

Longa Metragens
Perdidos e Malditos (Dir: Geraldo Veloso)
Idolatrada (Dir: Paulo Augusto Gomes)
Filme Demência (Dir: Carlos Reichenbach)
Crítico (Dir: Kleber Mendonça Filho)
O Quadrado de Joana (Dir: Tiago Mata Machado)
Conceição: autor bom é autor morto
(Dir: André Sampaio, Cynthia Sims, Daniel Caetano, Guilherme Sarmiento, Samantha Ribeiro)

Curtas Metragens
Menina do Algodão (Dir: Kleber
Mendonça Filho, Daniel Bandeira)
Vinil Verde (Dir: Kleber Mendonça Filho)
Eletrodoméstica (Dir: Kleber Mendonça Filho)
Noite de sexta manhã de sábado (Dir: Kleber Mendonça filho)
Almas Passantes (Dir: Cléber Eduardo e Ilana Feldman)
Jonas e a Baleia (Dir: Felipe Bragança)
Curra Urbana (Dir: Tiago Mata Machado)
Um Sol Alaranjado (Dir:Eduardo Valente)
Castanho (Dir:Eduardo Valente)
O Monstro (Dir:Eduardo Valente)

MESAS
Mesa Redonda I
Tema: “O panorama das Revistas
Eletrônicas de Cinema no Brasil”
Participantes: Ruy Gardnier - RJ (Contracampo), Cesar Zamberlan – SP (Cinequanon), Cléber Eduardo - SP (Cinética), Rafael Ciccarini - MG (Filmes Polvo) e Sérgio Alpendre - SP (Paisà).
Mediador: Marcelo Miranda (Jornalista e Crítico – O Tempo e Filmes Polvo)

Mesa Redonda II
Tema: “A Relação entre a crítica de cinema e a realização: o ontem e o hoje”
Parte 1
Participantes: Daniel Caetano - RJ (Diretor e Crítico – Contracampo), Geraldo Veloso - MG (Diretor e Pesquisador - CEC: Centro de Estudos Cinematográficos - MG), Kleber Mendonça Filho - PE (Diretor e Crítico - Cinemascópio e Jornal do Commercio - PE), Filipe Furtado - SP (Crítico - Paisà e Contracampo), César Guimarães - MG (Professor e Pesquisador – Comunicação/UFMG).
Mediador: Ataídes Braga - MG (Pesquisador
e Professor – UNA - MG)

Mesa Redonda III
Tema: “A Relação entre a crítica de cinema e a realização: o ontem e o hoje”
Parte 2
Participantes: Ilana Feldman - SP (Diretora e Crítica - Revista Cinética), Tiago Mata Machado - MG (Diretor e Crítico), Paulo Augusto Gomes - MG (Cineasta e Crítico), Carlos Reichenbach - SP (Cineasta e Ensaísta – Reduto do Comodoro), Sérgio Alpendre - SP (Crítico - Paisà).
Mediador: Nísio Teixeira - MG (Jornalista e Professor – Filmes Polvo e Uni-BH)

Datas, horários e mais Informações: http://www.filmespolvo.com.br/mostra/


EM PORTO ALEGRE

SALA P. F. GASTAL REALIZA CICLO
PARA MARCAR PASSAGEM DE ANO BISSEXTO

 Na próxima sexta-feira, dia 29 de fevereiro, a Sala P. F. Gastal realiza uma pequena mostra para marcar a passagem de mais um ano bissexto. Como os anos com 366 dias acontecem a cada quatro anos, essa particularidade do nosso calendário será celebrada pelo cinema da Usina do Gasômetro justamente com uma mostra reunindo quatro raridades do cinema, que serão exibidas somente até domingo, dia 2 de março. A direção da Sala P. F. Gastal assegura que os quatro filmes escolhidos foram cuidadosamente selecionados e sua exibição é bem mais rara do que os próprios anos bissextos. Todos os filmes serão exibidos em DVD.
 Esta pequena mostra acontece também para apresentar ao público o novo equipamento de projeção digital adquirido pela Sala P. F. Gastal, um projetor Mitsubishi, com 3.000 ANSI Lumens e contraste de 2.000:1, o que assegura uma excelente qualidade de imagem às exibições em DVD, com perfeita definição e contraste.

PROGRAMAÇÃO
 OBRAS-PRIMAS DO TERROR (Obras Maestras del Terror), de Enrique Carreras. Argentina, 1960. Com Narciso Ibáñez Menta, Inés Moreno e Osvaldo Pacheco. Duração: 115 minutos. Preto e branco. Falado em espanhol, sem legendas.
Produção argentina realizada no início dos ano 60, adaptando três contos do escritor Edgar Allan Poe, "O Caso do Sr. Valdemar", "O Barril do Amontilado" e "O Coração Denunciador". Com uma tradição pouco conhecida no cinema de horror, a Argentina produziu uma série de títulos no gênero entre os anos 50 e 60. Obras-primas do Terror costuma ser citado justamente como o melhor filme argentino do gênero.

 DEMÊNCIA (Dementia), de John Parker. EUA, 1955. Com Adrienne Barrett, Richard Barron e Bem Roseman. Duração: 61 minutos. Preto e branco. Sem diálogos.
Produção maldita realizada na metade dos anos 50, tirada de circulação por suas ousadias formais, que não foram compreendidas à época de seu lançamento. Sem nenhum diálogo, o filme de John Parker acompanha as andanças de uma mulher psicótica pelas ruas de uma grande cidade. Demência foi produzido de maneira cooperativada, usando as sucatas de cenários de A Marca da Maldade, de Orson Welles. Depois de um fracassado lançamento comercial o filme foi relançado com título trocado e com a introdução de um narrador para "explicar" o inexplicável. Na época, a revista Variety definiu Demência como "o mais estranho filme já mostrado nos cinemas".

 RITO DE AMOR E DE MORTE (Yûkoku), de Yukio Mishima. Japão, 1966. Com Yukio Mishima e Yoshiko Tsuruoka. Duração: 30 minutos. Sem diálogos.
O único filme dirigido pelo escritor japonês Yukio Mishima (1925-1970). Autor de livros considerados clássicos da moderna literatura japonesa, como o autobiográfico Confissões de uma Máscara, Mishima teve sua existência marcada pelo homossexualidade e pelo militarismo, dois dos principais temas de sua literatura. Seu suicídio, em 1970, quando cometeu harakiri, foi um evento midiático que chamou a atenção da imprensa internacional. Rito de Amor e Morte esteve perdido por mais de três décadas. Havia rumores de que a esposa de Mishima tivesse destruído todas as cópias do filme após sua morte. No entanto, em agosto de 2005, os negativos foram descobertos no porão da antiga residência do escritor, e o filme logo transformou-se em objeto de culto entre os cinéfilos e fãs do escritor. O próprio Mishima é protagonista do filme, que acompanha o lento ritual de suicídio de um casal. Com bela fotografia em preto&branco, Rito de Amor e Morte não tem diálogos e revela um diretor com notável senso plástico.

 FILME SURPRESA. Duração: 80 minutos.
Sessão surpresa, com um filme nunca lançado nos cinemas brasileiros. Pista: trata-se do primeiro longa-metragem de um dos grandes diretores do cinema contemporâneo.

GRADE DE HORÁRIOS

Sexta-feira (29 de fevereiro)
15:00 - Rito de Amor e Morte + Demência
17:00 - Obras-primas do Terror
19:00 - Filme Surpresa

Sábado (01 de março)
15:00 - Obras-primas do Terror
17:00 - Filme Surpresa
19:00 - Rito de Amor e Morte + Demência

Domingo (02 de março)
15:00 - Filme Surpresa
17:00 - Rito de Amor e Morte + Demência
19:00 - Obras-primas do Terror


EM ALTINÓPOLIS (SP)

MATHEUS TRUNK MANDOU AVISAR

 No dia 2 de março, próximo domingo, será assinado em Altinópolis (SP), a 346 km de São Paulo, um contrato do cineasta, produtor e ator DAVID CARDOSO, com a prefeitura. Contrato de doação das primeiras peças que comporão o acervo do Museu Centro de Documentação e Referência do Cinema, que vai ser instalado na cidade. David estará vindo de Campo Grande especialmente para a ocasião. Haverá cerimônia no cinema da cidade, onde David Cardoso irá fazer uma pequena palestra sobre a criação do museu; na seqüência, assinatura do contrato e projeção do filme SEDUÇÃO, de Fauzi Mansur (Melhor Filme no Festival de Guarujá, com David Cardoso, Sandra Brea e Ney Latorraca). Presença de outras grandes fíguras do cinema paulista como José Adauto Cardoso (secretário de cultura de Altinópolis), Virgílio Roveda, Rubens Luchetti (roteirista dos grandes filmes do Mojica) e o produtor Edgar de Castro.

 David Cardoso (no centro), Toni Ricardo e Dick Danello em "Corrida em Busca do Amor".


E NA QUARTA-FEIRA, DIA 05, EM SÃO PAULO

JEAN ROLLIN E EDUARDO AGUILAR NO CINESESC - 21.30
UMBENTO LENZI NO ASTRONETE - 22.00
- Veja nas postagens anteriores -



Escrito por Carlos Reichenbach às 11h18
[]


 
   A Noite do Oscar + Programação de Março no Astronete

O TEXTO DA FOLHA ILUSTRADA - AMPLIADO

A NOITE DO OSCAR EM DOIS TEMPOS
por Carlos Reichenbach (especial para Folha Ilustrada)

ANTES
 Alguma razão especial para ficar, este ano, acordado até as 2 da madrugada assistindo a noite de gala da indústria do cinema americano? Algum brasileiro concorrendo? Algum diretor cultuado a ser reconhecido? Cronemberg ou William Friedkin? Algum filme revolucionário e/ou deflagrador entre os indicados? Algum concorrente a filme estrangeiro apto a fazer a história? Alguma vestal deslumbrante que mereça a expectativa sáfica de uma entrada triunfal?
 Sem hipocrisia; vi, durante a vida, mais de quarenta entregas de estatuetas, algumas com especial interesse e curiosidade.
 Em Dois Córregos, durante as filmagens do filme de mesmo nome, passei a madrugada inteira, na companhia de Carlos Alberto Ricelli e Ivan Lins, torcendo por um prêmio ao polêmico "O Que é Isso, Companheiro?".
 Ora, por mais aguçados que sejam os nossos crivos críticos, tem ocasiões em que os brios nacionalistas falam mais alto.
 Algum imbecil brazuca achou justo Fernanda Montenegro sair sem a estatueta?
 Não é novidade. Todo mundo acha a noite do Oscar um porre. Os números musicais são enfadonhos, os agradecimentos óbvios, as piadas patéticas e o coringa da festa - desde a saída de Billy Crystal - sempre mal escolhido. Será que não aprenderam até hoje que a graça e o diferencial, em solenidades deste tipo, é sempre o apresentador? Neste quesito, a tradição é essencial. Brasília, sem o saudoso Eduardo Conde, e Gramado sem Tânia Carvalho, perderam muito do élan e simpatia.
 Enfim, os momentos mais memoráveis do Oscar sempre ficaram por conta dos homenageados honorários: de Chaplin, Kurosawa, Ingmar Bergman, Billy Wilder a Blake Edwards (com sua antológica entrada de palco). Até a discutível manifestação de desagravo do público a premiação de Elia Kazan - com um constrangido Scorsese em cena - foi o ponto alto de uma das festas. Em 2008, tudo leva a crer, nem isso se pode esperar.
 Será que os acadêmicos de Hollywood nunca ouviram falar em Claude Chabrol, Manoel de Oliveira ou Nelson Pereira dos Santos?

DEPOIS
 Duas horas da manhã do dia 25 de fevereiro, três horas e meia de enfado e algumas questões incômodas:
1. Quem é esse tal de Jon Stewart? Algum BBB americano travestido de apresentador?
2. Quem escolhe as canções que concorrem ao prêmio da categoria? Algum deficiente auditivo?
 Sem hipocrisia, bis: esse ano a bilionária festinha do Oscar passou dos limites. Se excetuado os dois prêmios de atriz, que realmente surprenderam e emocionaram, o evento foi tão protocolar e chato quanto uma colação de grau provinciana.
 Scorsese parecia mais entusiamado que os arrogantes irmãos Coen.
 Uma coisa é certa, teria sido mais divertido convidar o Steven Seagal, o ex-agente da CIA, como mestre de cerimônia, vestido com seu habitual terno de tapete, e distribuindo porrada nos engraçadinhos eventuais que ocupam o microfone (sabe-se lá porque).
 Chistes à parte, convenhamos: é sensato cobrar exaustivamente dos nossos nativos subir ao palco do Teatro Kodak?
 Será que um Oscar vai dar para os meus netos mais credibilidade à profissão exercida pelo avô?
 No dia em que eles tiverem acesso ilimitado a obras como "Limite", "Vidas Secas", "Deus e Diabo na Terra do Sol", "São Paulo SA", "O Bandido da Luz Vermelha", "Augusto Matraga" e, também - porque não - "Alma Corsária", eles - na certa - irão se dar conta que o cinema é resultante de uma inquietação, de uma angústia renitente e da necessidade da compreensão do tempo, da história e das limitações de quem o realiza.
 O resto é verniz, fetiche ou bibelô de prateleira. Como o tal troféu de bundinha grande, que a atriz Tilda Swinton disse ser a cara de seu agente americano.


MARÇO NO CINETRASH DO ASTRONETE

 FICA REGISTRADA UMA SUGESTÃO AO ASTRONETE: EVITEM PROGRAMAR EXIBIÇÕES NA PRIMEIRA QUARTA-FEIRA DO MÊS, POR RAZÕES ÓBVIAS!



Escrito por Carlos Reichenbach às 20h01
[]


 
   Sessão de Março

SESSÃO DO COMODORO - MARÇO DE 2008

 Quarta-feira, dia 05 de março, a Sessão do Comodoro vai mostrar o mais recente filme-vídeo de Eduardo Aguilar, OFERENDAS, e o longa metragem AS UVAS DA MORTE, um dos melhores filmes de Jean Rollin, o poeta francês dos filmes de vampiras insaciáveis.
 Embora AS UVAS DA MORTE não seja especificamente sobre vampiras, trata-se de um dos filmes de Rollin mais poéticos, assustadores e bem realizados.
 A sessão começa às 21.30, no CineSesc, e as senhas gratúitas estarão disponiveis a partir das 21.00 horas na bilheteria do cinema.
 AS UVAS DA MORTE, falado em francês, será exibido com legendas em inglês.

OFERENDAS (2007)

Roteiro final e Direção: Eduardo Aguilar
Roteiro : Priscila Scholz - Wilton de Andrade - Kelly de Cândido - André Lorena - Luis Albertoni - Marisa Medeiros
Formato original: Mini-DV
Duração: 09 minutos Janela: 4:3 (re-enquadrado para 16:9)
Trilha e Edição de Som: André Z. Pagnossim
Direção de Arte e Figurino: Rafael Markhez
Fotografo : Valdecir Araújo
Edição: André Z. Pagnossim
Finalização: Fausto André
Elenco: Priscila Scholz, Wilton de Andrade, Kelly de Cândido e André Lorena
Sinopse:
“As cores da escuridão em um curta com sexo, rock’n’roll e bruxaria.”

AS UVAS DA MORTE

Les Raisins de la Mort aka Pesticide aka The Grapes of Death
França - 1978
Falado em francês, com legendas em inglês
Colorido - 90 minutos
Diretor - Jean Rollin
Argumento - Jean-Pierre Bouyxou
Roteiro - Christian Meunier e Jean Rollin
Música Original - Philippe Sissman   
Direção de Fotografia - Claude Bécognée   
Montagem - Dominique Saint-Cyr e Christian Stoianovich 
Elenco: Marie-Georges Pascal, Félix Marten, Serge Marquand e Mirella Rancelot.
SINOPSE
"Pesticida borrifado em vinícula transforma seres humanos em zumbis assassinos."


AVALIAÇÕES
"Rollin unearths fresh rural dread in surreal zombie poem. A true underground classic." - IMDB
"In Grapes of Death (Les Raisins de la mort), Rollin succeeds in marrying his dreamy, poetic style and languorous pacing to a stronger, more traditional and linear narrative than before, resulting in an uneven but worthy follow-up to its predecessors films." - DVD Maniacs
"Grapes Of Death is atmospheric, darkly moody, and very, very bloody. The film is put together with a great deal of care. All of the scenery is gorgeous, the lighting is excellent, and the editing is very tight." - DOOMED MOVIETHON


ENDEREÇOS INDISPENSÁVEIS AOS FIÉIS DO CINEMA EXTREMO

ESOTICA EROTICA PSYCHOTICA
http://esotikafilm.com/

SUBVERSIVE NUB
http://www.angoleiro.com/sbnb.cgi?l=1

TWITCH FILMS
http://twitchfilm.net/site/



Escrito por Carlos Reichenbach às 22h27
[]


 
  [ ver mensagens anteriores ]  
 
 
HISTÓRICO
 03/08/2008 a 09/08/2008
 27/07/2008 a 02/08/2008
 13/07/2008 a 19/07/2008
 06/07/2008 a 12/07/2008
 22/06/2008 a 28/06/2008
 15/06/2008 a 21/06/2008
 08/06/2008 a 14/06/2008
 25/05/2008 a 31/05/2008
 11/05/2008 a 17/05/2008
 04/05/2008 a 10/05/2008
 27/04/2008 a 03/05/2008
 20/04/2008 a 26/04/2008
 13/04/2008 a 19/04/2008
 06/04/2008 a 12/04/2008
 30/03/2008 a 05/04/2008
 23/03/2008 a 29/03/2008
 16/03/2008 a 22/03/2008
 09/03/2008 a 15/03/2008
 02/03/2008 a 08/03/2008
 24/02/2008 a 01/03/2008
 17/02/2008 a 23/02/2008
 10/02/2008 a 16/02/2008
 03/02/2008 a 09/02/2008
 27/01/2008 a 02/02/2008
 20/01/2008 a 26/01/2008
 13/01/2008 a 19/01/2008
 06/01/2008 a 12/01/2008
 30/12/2007 a 05/01/2008
 23/12/2007 a 29/12/2007
 16/12/2007 a 22/12/2007
 09/12/2007 a 15/12/2007
 02/12/2007 a 08/12/2007
 25/11/2007 a 01/12/2007
 18/11/2007 a 24/11/2007
 11/11/2007 a 17/11/2007
 04/11/2007 a 10/11/2007
 21/10/2007 a 27/10/2007
 14/10/2007 a 20/10/2007
 07/10/2007 a 13/10/2007
 30/09/2007 a 06/10/2007
 23/09/2007 a 29/09/2007
 02/09/2007 a 08/09/2007
 26/08/2007 a 01/09/2007
 19/08/2007 a 25/08/2007
 12/08/2007 a 18/08/2007
 05/08/2007 a 11/08/2007
 29/07/2007 a 04/08/2007
 22/07/2007 a 28/07/2007
 15/07/2007 a 21/07/2007
 08/07/2007 a 14/07/2007
 01/07/2007 a 07/07/2007
 24/06/2007 a 30/06/2007
 17/06/2007 a 23/06/2007
 10/06/2007 a 16/06/2007
 03/06/2007 a 09/06/2007
 27/05/2007 a 02/06/2007
 20/05/2007 a 26/05/2007
 13/05/2007 a 19/05/2007
 22/04/2007 a 28/04/2007
 15/04/2007 a 21/04/2007
 08/04/2007 a 14/04/2007
 01/04/2007 a 07/04/2007
 25/03/2007 a 31/03/2007
 18/03/2007 a 24/03/2007
 11/03/2007 a 17/03/2007
 04/03/2007 a 10/03/2007
 25/02/2007 a 03/03/2007
 18/02/2007 a 24/02/2007
 11/02/2007 a 17/02/2007
 04/02/2007 a 10/02/2007
 28/01/2007 a 03/02/2007
 21/01/2007 a 27/01/2007
 14/01/2007 a 20/01/2007
 07/01/2007 a 13/01/2007
 31/12/2006 a 06/01/2007
 24/12/2006 a 30/12/2006
 17/12/2006 a 23/12/2006
 10/12/2006 a 16/12/2006
 03/12/2006 a 09/12/2006
 26/11/2006 a 02/12/2006
 19/11/2006 a 25/11/2006
 12/11/2006 a 18/11/2006
 05/11/2006 a 11/11/2006
 29/10/2006 a 04/11/2006
 22/10/2006 a 28/10/2006
 15/10/2006 a 21/10/2006
 08/10/2006 a 14/10/2006
 01/10/2006 a 07/10/2006
 24/09/2006 a 30/09/2006
 17/09/2006 a 23/09/2006
 10/09/2006 a 16/09/2006
 03/09/2006 a 09/09/2006
 27/08/2006 a 02/09/2006
 20/08/2006 a 26/08/2006
 30/07/2006 a 05/08/2006
 09/07/2006 a 15/07/2006
 02/07/2006 a 08/07/2006
 25/06/2006 a 01/07/2006
 18/06/2006 a 24/06/2006
 11/06/2006 a 17/06/2006
 04/06/2006 a 10/06/2006
 28/05/2006 a 03/06/2006
 21/05/2006 a 27/05/2006
 14/05/2006 a 20/05/2006
 07/05/2006 a 13/05/2006
 30/04/2006 a 06/05/2006
 23/04/2006 a 29/04/2006
 16/04/2006 a 22/04/2006
 09/04/2006 a 15/04/2006
 02/04/2006 a 08/04/2006
 19/03/2006 a 25/03/2006
 12/03/2006 a 18/03/2006
 05/03/2006 a 11/03/2006
 19/02/2006 a 25/02/2006
 12/02/2006 a 18/02/2006
 05/02/2006 a 11/02/2006
 29/01/2006 a 04/02/2006
 22/01/2006 a 28/01/2006
 15/01/2006 a 21/01/2006
 08/01/2006 a 14/01/2006
 01/01/2006 a 07/01/2006
 25/12/2005 a 31/12/2005
 18/12/2005 a 24/12/2005
 11/12/2005 a 17/12/2005
 04/12/2005 a 10/12/2005
 27/11/2005 a 03/12/2005
 20/11/2005 a 26/11/2005
 13/11/2005 a 19/11/2005
 06/11/2005 a 12/11/2005
 30/10/2005 a 05/11/2005
 23/10/2005 a 29/10/2005
 16/10/2005 a 22/10/2005
 02/10/2005 a 08/10/2005
 25/09/2005 a 01/10/2005
 18/09/2005 a 24/09/2005
 11/09/2005 a 17/09/2005
 04/09/2005 a 10/09/2005
 28/08/2005 a 03/09/2005
 21/08/2005 a 27/08/2005
 14/08/2005 a 20/08/2005
 07/08/2005 a 13/08/2005
 31/07/2005 a 06/08/2005
 24/07/2005 a 30/07/2005
 17/07/2005 a 23/07/2005
 10/07/2005 a 16/07/2005
 26/06/2005 a 02/07/2005
 19/06/2005 a 25/06/2005
 12/06/2005 a 18/06/2005
 05/06/2005 a 11/06/2005
 29/05/2005 a 04/06/2005
 22/05/2005 a 28/05/2005
 15/05/2005 a 21/05/2005
 08/05/2005 a 14/05/2005
 01/05/2005 a 07/05/2005
 24/04/2005 a 30/04/2005
 17/04/2005 a 23/04/2005
 10/04/2005 a 16/04/2005
 03/04/2005 a 09/04/2005
 27/03/2005 a 02/04/2005
 20/03/2005 a 26/03/2005
 13/03/2005 a 19/03/2005
 06/03/2005 a 12/03/2005
 20/02/2005 a 26/02/2005
 13/02/2005 a 19/02/2005
 06/02/2005 a 12/02/2005



OUTROS SITES
 TODOS OS LINKS CONSULTADOS E VISITADOS PELO REDUTO DO COMODORO
 LINKS RÁPIDOS [DE PESQUISA]
 OLHOS LIVRES - o site de Carlos Reichenbach
 REDUTO DO COMORO - Ampliado no site OLHOS LIVRES
 REDUTO DO COMODORO 2004
 O ESSENCIAL DO FILME NOIR
 O ESSENCIAL DO FAROESTE AMERICANO
 O ESSENCIAL DO FILME DE GANGSTER
 O ESSENCIAL DO FAROESTE SPAGUETTI
 O ESSENCIAL DO FILME MUSICAL AMERICANO
 O ESSENCIAL DO CINEMA EXTREMO
 O ESSENCIAL DO FILME FANTÁSTICO E DE HORROR PARTE 1
 O ESSENCIAL DO CINEMA FANTÁSTICO E DO FILME DE HORROR - ANOS 60
 O ESSENCIAL DO CINEMA FANTÁSTICO E DO FILME DE HORROR - ANOS 70
 O ESSENCIAL DO CINEMA FANTÁSTICO E DO FILME DE HORROR - ANOS 80
 PERFORMANCES ANTOLÓGICAS DO CINEMA BRASILEIRO


VOTAÇÃO
 Dê uma nota para meu blog!